02/03/2023 às 08h16min - Atualizada em 02/03/2023 às 08h16min

Affonso Cândido assume Comissão de Indústria, Comércio, Ciência e Tecnologia e prioriza instalação de novas empresas

Gazeta Rondônia
Assessoria

Gazeta Rondônia Publicidade 790x90

O presidente da Comissão de Indústria, Comércio, Ciência e Tecnologia da Assembleia Legislativa de Rondônia (Alero), deputado Affonso Cândido (PL), afirmou na primeira reunião do colegiado, na terça-feira (28), que já está mantendo contato com dirigentes para a instalação de novas empresas em Ji-Paraná e em outros municípios rondoniense.

Segundo Affonso Cândido, o estado de Rondônia tem se mostrado atrativo para novos investimentos, principalmente, no setor do agronegócio. Ele afirmou que essa é uma tendência que a CICCT deverá seguir em todas as reuniões para que possa acompanhar e propor adequações na execução da política estadual do setor.


Cândido prevê que, durante os dois anos em que presidirá a comissão, cumprirá o papel de fiscalizar e aprovar projetos dentro de sua área de atuação e irá propor a realização de audiências públicas com diretores de associações comerciais e câmaras de diretores lojistas para discussão de temas relacionados ao equilíbrio fiscal e desenvolvimento empresarial.

 
“Nossa intenção é realizar audiências públicas com membros das principais entidades representativas e órgãos do governo estadual que tratam da política de incentivos e como o Conder [Conselho de Desenvolvimento do Estado de Rondônia] para estabelecermos metas viáveis para todos os setores”, previu o parlamentar.

Da tribuna, Affonso Cândido também elogiou o projeto de lei aprovado pela Alero, de autoria do deputado estadual Ismael Crispin (PSB), em 2022, que garante aos produtores rondonienses de castanha-do-brasil os mesmos benefícios fiscais concedidos aos agricultores do estado do Pará.
 
“Reconheço na iniciativa do deputado estadual, Ismael Crispin, como em todos os membros desse parlamento, o verdadeiro papel da Assembleia Legislativa, que é garantir condições de trabalho, para o que é produzido aqui, em Rondônia, seja competitivo em outros estados e possa garantir mais renda para os nossos produtores”, assegurou.

Assessoria.

Gazeta Rondônia Publicidade 790x90


Notícias Relacionadas »
Comentários »