14/03/2023 às 09h07min - Atualizada em 14/03/2023 às 09h07min

Mulher é presa por ameaçar e agredir a mãe idosa e com câncer terminal

Gazeta Rondônia

Gazeta Rondônia Publicidade 790x90

Uma mulher de 35 anos foi presa pela Polícia Civil, nesta segunda-feira (13), em Sorriso (MT), por ameaçar e agredir a mãe idosa, que tinha câncer em estágio terminal, e descumprir medidas protetivas de não se aproximar da vítima.

A Delegacia de Sorriso apurou que a idosa sofria foi agredida pela filha, conforme registros recebidos pela Polícia Civil, sendo o primeiro em 2021, feito pela própria vítima. Ela narrou que estava sofrendo ameaças e violência psicológica da filha, V.C.R. que a ameaçava constantemente para que lhe desse dinheiro para manter o vício em drogas.


Na ocasião, a vítima prestou declarações na delegacia e relatou que a filha, por ser usuária de drogas, não vivia com ela e deixava com a idosa a responsabilidade de cuidar dos filhos. Como consequência da vida da investigada, a mãe dela, que à época estava com 72 anos, é que tinha a guarda dos netos.

A vítima revelou que, por diversas vezes, a investigada ia até sua residência, visivelmente drogada, e a ameaçava, pedindo dinheiro. Considerando a situação, a idosa solicitou a primeira medida protetiva, sendo concedida em janeiro de 2021.

Em agosto do ano passado, a vítima retornou à delegacia e registrou um novo boletim relatando que a filha voltou a ameaçá-la e agredi-la. Foi requerida uma nova medida protetiva, deferida no mesmo mês e a investigada, intimada da decisão judicial no mês seguinte.

Em fevereiro deste ano, uma testemunha presenciou as agressões contra a vítima e procurou a Polícia Militar relatando que retirou a idosa da casa, uma vez que a investigada continuava descumprindo de forma constante a medida protetiva. Com base na narrativa da testemunha, os policiais militares se dirigiram até a residência da vítima, onde encontraram o portão trancado e ao solicitar à investigada que abrisse, ela tentou fugir, pulando o muro, mas foi presa em uma casa vizinha.

Na ocasião, a vítima contou que estava em estágio terminal de câncer e que a filha teria dito que a ajudaria. Contudo, o que ocorreram foram agressões e maus-tratos, sendo que a investigada trocava a medicação da vítima, dando remédio errado e prejudicando a doença.

A investigada foi presa em flagrante pelo descumprimento da medida protetiva e maus-tratos ao idoso. Encaminhada à audiência de custódia, ela foi liberada provisoriamente, com a proibição de manter qualquer contato com a vítima e de frequentar a residência da idosa.

Quatro dias após a suspeita ser detida em flagrante, outra filha da idosa procurou a Delegacia de Sorriso e denunciou que, mesmo ciente das determinações judiciais, a suspeita voltou à casa da mãe e permaneceu no local.

A vítima faleceu na semana passada. A Delegacia de Sorriso representou pela prisão da investigada, que foi deferida pela 2a Vara Criminal de Sorriso e cumprida nesta segunda-feira.

Fonte: MídiaJur.

Gazeta Rondônia Publicidade 790x90


Notícias Relacionadas »
Comentários »