16/03/2023 às 13h19min - Atualizada em 16/03/2023 às 13h19min

Empresário e ex-marido de pecuarista assassinada é encontrado morto dentro de carro

Gazeta Rondônia

Gazeta Rondônia Publicidade 790x90

O empresário Paulo Sérgio Ângelo, 48 anos, ex-marido da pecuarista Andreia Aquino Flores, assassinada pela doméstica em julho passado, foi encontrado morto na tarde desta terça-feira (14) em Ponta Porã (MS), conforme informou o secretário municipal de Segurança, Marcelino Nunes. A princípio a causa da morte seria suicídio.

Conforme apurou o Campo Grande News, o pecuarista estacionou o carro a pouco mais de 20 metros de sua casa e efetuou disparos. Os vizinhos ouviram e quando o viram no veículo acionaram o Corpo de Bombeiros. A Polícia Militar e a perícia da cidade estão no local. Segundo relatos de pessoas próximas, ele enfrentava quadro leve de depressão.

 
Paulinho, como era conhecido, chegou a ser preso em dezembro do ano passado por porte ilegal de arma de fogo. De acordo com boletim de ocorrência registrado à época, policiais faziam varredura de rotina no centro de Ponta Porã, quando avistaram uma caminhonete Toyota Hilux com os vidros tão escuros que não enxergavam quem estava no automóvel.
 
Ao abordarem o motorista, questionaram se ele portava arma e diante da resposta positiva encontraram no console pistola marca CZ calibre 380 com treze munições “intactas”. Ele pagou fiança de R$ 1.212 e foi liberado.
 
Como justificativa do porte ilegal de arma, o empresário relatou que decidiu comprá-la em Pedro Juan, no Paraguai, após sofrer atentado em janeiro de 2022. Na ocasião ele foi atingido por tiro de raspão no braço após ter dois homens em uma moto pararem em frente à clínica veterinária em que estava e efetuarem disparos.
 
A polícia chegou a instaurar inquérito para apurar se Andreia teria pagado para que os homens tentassem matá-lo, fato que ela negava. Os dois têm um filho adolescente.
 
Ajuda - Aproveitamos para informar que em Campo Grande (MS), o Grupo Amor a Vida (GAV) presta um serviço gratuito de apoio emocional a pessoas em crise através do telefone 0800 750 5554. Ligue sempre que precisar! O horário de funcionamento é das 7h às 23h, inclusive, sábados, domingos e feriados.
 
Fonte: CampoGrandeNews.

Gazeta Rondônia Publicidade 790x90


Notícias Relacionadas »
Comentários »