31/03/2021 às 12h52min - Atualizada em 31/03/2021 às 12h52min

VÍDEOS: Sargento da PM, que morreu vítima de infarto, foi sepultado com Honras Militares em Cerejeiras

Autoridades emitem nota de pesar

Gazeta Rondônia
Gazeta Rondônia
O morador do município de Cerejeiras (RO) Meuquizedeques Oliveira do Carmo, 53 anos, morreu na madrugada desta quarta-feira (31) vítima de infarto no hospital municipal São Lucas.
                                                              
Sargento da reserva remunerada da Polícia Militar, Meuquizedeques (conhecido popularmente como Sargento Meuk) se sentiu indisposto na noite desta terça-feira (30) e foi levado pelo Corpo de Bombeiros para o hospital municipal São Lucas de Cerejeiras, foi medicado e durante a madrugada sofreu parada cardiorrespiratória, vindo a óbito.

Membro de família de pioneiros mudou-se para Cerejeiras em 1979, vindo do município de Goioerê, estado do Paraná, ingressou na Polícia Militar em 07 de agosto de 1990, corporação que prestou relevantes serviços durante 30 anos.
 
FUNDADOR DO CADCER

 
Meuquizedeques sempre participou ativamente de projetos sociais, participou da fundação do Conselho Antidrogas de Cerejeiras, que posteriormente foi alterado para Comunidade Antidrogas de Cerejeiras – CADCER, entidade que presidiu por 21 anos e que, em dezembro de 2017 inaugurou a Comunidade Terapêutica Reviver de Cerejeiras, que trabalha na prevenção e recuperação de dependentes químicos no município.

FUNERAL

Seu corpo foi velado das 08 às 10h da manhã na Primeira Igreja Batista de Cerejeiras, onde congregou com sua família durante décadas, o cortejo fúnebre contou com a participação de diversas viaturas da polícia militar, percorreu as principais avenidas da cidade e finalizou no cemitério Cristo Redentor, onde os colegas de farda prestaram suas últimas homenagens e o comandante geral da PM entregou à viúva a Bandeira do Brasil. Meuquizedeques deixa a esposa Enita Santiago, duas filhas, um filho, dois genros, uma nora e uma netinha.

POLÍCIA MILITAR EMITIU NOTA DE PESAR

É com profunda consternação que o Comando da 4º CIA do 3º BPM Cerejeiras, em nome do efetivo policial, vem externar o mais profundo sentimento de pesar pelo falecimento do Policial Militar,  2º Sargento PM Meuquizedeques Oliveira do Carmo, na manhã desta quarta-feira (31).

O Policial Militar que já estava na reserva remunerada prestou relevantes serviços à comunidade de Cerejeiras e região por 30 anos e 8 meses. O 2º Sargento PM Meuqui como era conhecido foi um policial exemplar e pessoa muito querida por todos aqueles que tiveram o privilégio de conhecê-lo.

O sepultamento aconteceu no município de Cerejeiras onde Melqui, foi velado na primeira igreja Batista e posteriormente sepultado no cemitério local de Cerejeiras.

Deixamos com os familiares nosso sentimento de solidariedade e pêsames pela sentida perda.
 
COMUNIDADE ANTIDROGAS DE CEREJEIRAS EMITIU NOTA DE PESAR

É com profundo pesar e consternação que a Comunidade Antidrogas de Cerejeiras, por meio da Comunidade Terapêutica Reviver, vem externar o mais profundo pesar pelo falecimento do nosso presidente Meuquizedeques Oliveira do Carmo, ocorrido na madrugada desta quarta-feira (31) no hospital municipal São Lucas em razão de parada cardiorrespiratória.

Externamos votos de pesar e nossa solidariedade a sua esposa Enita Santiago, seus filhos; Fernando, Andréia e Lucivânia e sua netinha, que Deus em sua infinita benevolência possa confortar os corações enlutados nesse momento de difícil despedida.

Diretoria do CADCER.

CMDCA EMITIU NOTA DE PESAR 


 
ASPOMETRON EMITIU NOTA DE PESAR
 

 

DEPUTADO ESTADUAL LUIZINHO GOEBEL EMITIU NOTA DE PESAR
 

É com sentimento de profundo pesar que o líder do Governo na Assembleia Legislativa, deputado estadual Luizinho Goebel (PV), lamenta o falecimento do sargento aposentado da reserva Meuquizedeque Oliveira do Carmo, aos 53 anos de idade, ocorrido na madrugada desta quarta-feira (31/03) após sofrer uma parada cardíaca na sua residência em Cerejeiras e chegou com vida ao Hospital Municipal São Lucas e faleceu poucos minutos depois.

Melki deixa esposa, filhos e muitos amigos conquistados ao longo dos anos, desde que escolheu o município de Cerejeiras, Estado de Rondônia para construir sua carreira, sua família e seu lar.

“É um momento muito triste. Fui surpreendido pela manhã com a morte do companheiro amigo de todas as horas e partidário Melki. Quero aqui externar a todos os familiares e amigos meus sentimentos”.

Manifestamos sentimento de solidariedade a todos os familiares e amigos do Sargento Melki, profissional que muito contribuiu com relevantes serviços prestados ao nosso Estado e Município de Cerejeiras.

Rogamos à Deus, que na sua infinita bondade e misericórdia, conforte a todos neste momento de dor e saudade. Minhas mais sinceras condolências.

Luizinho Goebel - Deputado Estadual   


DEPUTADO ESTADUAL EZEQUIEL NEIVA EMITIU NOTA DE PESAR

Sargento Meuky, vai com Deus!

Meu amigo, companheiro de farda com quem me formei em 1990 e trabalhei por anos na Polícia Militar, no município de Cerejeiras. Ele já não está entre nós. 

O sargento PM da Reserva, Meuquezedeques Oliveira do Carmo, popularmente conhecido no município de Cerejeiras como sargento Meuky foi acometido por infarto na madrugada desta quarta-feira.

Meus sinceros sentimentos aos familiares e amigos - Ezequiel Neiva.


Veja os vídeos de homenagens póstumas e honras militares ao sargento Meuquizedeques Oliveira do Carmo – (Sargento Meuk):








Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você desenvolveu algum transtorno relacionado à saúde mental durante a pandemia?

35.1%
4.9%
8.1%
8.6%
43.2%
Fale Conosco!
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp