13/04/2021 às 18h12min - Atualizada em 13/04/2021 às 18h12min

Médica trabalha na vacinação contra a Covid-19 após perder avô e pai

O pai também era médico e atuava na linha de frente

Gazeta Rondônia

A médica Maria Nadaf está trabalhando na vacinação contra a Covid-19 na zona rural de Cuiabá - MT, após perder o avô e o pai, que também era médico e atuava na linha de frente, para a doença, há oito meses. Os dois morreram no intervalo de menos de um mês.

O pai dela, Moysés Nadaf, de 65 anos, foi médico do Hospital Geral Universitário (HGU) por mais de 40 anos. Quando a pandemia começou, os filhos pediram que ele se afastasse do trabalho, mas ele se recusou.

O avô de Maria, Pedro Moysés Nadaf, de 94 anos, morreu em decorrência da Covid-19, poucos dias antes do filho dele.

“No momento em que internamos o meu pai, meu avô teve uma piora e foi para a UTI. Nós vimos a história se repetir. Tentamos tudo que foi possível, mas infelizmente os dois acabaram não resistindo”, relatou.
 

Diante do cenário de pandemia e da perda dos familiares, Maria usou a história do pai como inspiração e se colocou à disposição para a vacinação dos idosos da zona rural.

“A trajetória do meu pai foi muito bonita. Ele foi um médico muito simples e de muita bondade. Não existia hierarquia na consulta. Ele tratava os pacientes de forma muito humana”, relembrou.

Maria contou que se sente realizada em poder ajudar a população rural neste momento. Segundo ela, os pacientes que atende têm dificuldade de deslocamento. Há comunidades que ficam a mais de 100 km do centro da capital.

“Quando chegamos nas casas da zona rural para vacinar os idosos, percebemos que não teve uma doença que comoveu tanto como a Covid. Muito mais do que um imunizante, a gente leva o cuidado, uma proteção para aquela pessoa. Atender na zona rural é muito gratificante pra mim”, ressaltou.

O último levantamento do Conselho Regional de Medicina (CRM) aponta que cerca de 300 médicos foram infectados por Covid-19 no estado. Só em 2020, morreram 23 médicos em Mato Grosso com a doença. Fonte G1


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você desenvolveu algum transtorno relacionado à saúde mental durante a pandemia?

42.9%
0%
0%
0%
57.1%
Fale Conosco!
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp