17/04/2021 às 19h15min - Atualizada em 17/04/2021 às 19h15min

Foragido do presídio de Cerejeiras desde 2019 “Cowboy” morre afogado na Bolívia

Gazeta Rondônia
Gazeta Rondônia
O Cerejeirense Vanildo Santana da Silva, 32 anos, conhecido popularmente por “Cowboy” que estava evadido do sistema prisional de Cerejeiras desde o dia 24 de setembro de 2019, morreu na tarde deste sábado na Bolívia em circunstâncias ainda não esclarecidas.

Vanildo tinha condenações de roubo, receptação, ameaças e homicídio que somavam 19 anos, 5 meses e 22 dias e após cumprir parte da pena, progrediu para o sistema semiaberto, saindo para o trabalho externo no dia 24 de setembro de 2019, ocasião que não retornou ao presídio, cortou a tornozeleira eletrônica e fugiu.

Segundo informações preliminares, Vanildo Santana da Silva morreu afogado por volta das 13 horas deste sábado em um rio localizado na Bolívia, onde estava residindo depois que fugiu de Cerejeiras. Ele estava pescando em um barco quando se desequilibrou e caiu na água e, em razão de não saber nadar veio a óbito. Não há informações se o corpo será transladado para Cerejeiras, onde reside seus familiares ou se será sepultado no país vizinho.
 

Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você desenvolveu algum transtorno relacionado à saúde mental durante a pandemia?

42.9%
0%
0%
0%
57.1%
Fale Conosco!
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp