17/04/2021 às 22h15min - Atualizada em 17/04/2021 às 22h15min

Federação das Associações de Rádios Comunitárias é fundada em Rondônia

Gazeta Rondônia
Neste sábado (17) foi criada a Federação das Associações de Rádios Comunitárias do Estado de Rondônia – FARCOM/RO, via assembléia virtual por conta da pandemia do Covid-19. Em evento online, realizado a partir das 15h00min, os representantes desse segmento conheceram um pouco mais sobre o modelo de representatividade e atuação adotado no Tocantins e Paraná, por meio da FARCOM/TO e FARCOM/PR.

O idealizador deste modelo, Presidente da FARCOM/TO, Geraldo Freitas, frisou que, “somente através da união e um trabalho alinhado, com uma atuação organizada e especialmente sem nenhum tipo de viés ou compromisso político-partidário é que as rádios comunitárias poderão avançar e se tornarem o maior sistema de comunicação em cada Estado e, a partir daí, conquistar visibilidade, respeito e a confiança necessária para buscar os resultados esperados e a sustentabilidade para suas atividades”.

A criação da FARCOM/RO é um avanço para as rádios comunitárias de Rondônia, como está sendo para a FARCOM/PR, implantada no ano de 2019, com mais de 200 emissoras oficialmente filiadas. O Presidente da FARCOM/PR, Luiz Dzulinski, ressalta que "foi conhecendo o projeto da FARCOM/TO que motivou uma antiga entidade APRACOM do Paraná, por mim também representada, a adotar esse novo modelo, que vem trazendo muitos benefícios para as rádios filiadas do Tocantins, inclusive financeiro, em parceria com o Governo do Estado, Assembleia Legislativa, e Sistema ‘S’, e já estamos avançando nesse sentido aqui no Paraná".

O radiodifusor comunitário Antonio Maia do distrito de Extrema / Porto Velho - RO, foi eleito o Presidente da FARCOM/RO e destacou a importância deste passo para as rádios do Estado: "Agradecemos aos amigos da FARCOM/TO e FARCOM/PR, que estiveram demonstrando como é o trabalho da FARCOM e todos os presentes na reunião virtual entenderam que este modelo de gestão e representatividade, é o ideal para avançarmos numa organização forte em defesa das Radcom´s de Rondônia, estamos otimistas e confiantes no sucesso desta nova entidade que já nasce forte, com a experiência do Paraná e Tocantins”. Disse Maia.

Um dos pontos principais que está implantado nos estados onde a FARCOM já está organizada é a produção de programas para as emissoras comunitárias e a manutenção do site (www.farcomro.org) que brevemente estará ativo com ampla cobertura estadual, considerando que hoje as RadCom estão em 50 municípios e distritos onde a rádio comunitária, em mais de 70% desses lugares é o único veículo de comunicação de massa onde a comunidade fica atualizada diariamente. Maia disse que nos próximos dias começará a ser veiculado nas emissoras um programa jornalístico dinâmico e com a participação de repórteres de todas as emissoras comunitárias filiadas a FARCOM RO.

Fonte: Farcom RO - Crédito de imagem: Antonio Maia/divulgação.

Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale Conosco!
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp