31/01/2024 às 14h45min - Atualizada em 31/01/2024 às 14h45min

Empresário e advogado são presos por suposto esquema de sonegação durante operação nesta quarta-feira, 31

Gazeta Rondônia

O empresário Bruno Cicaroni Alberici e o advogado Elisandro Nunes Bueno foram presos, na manhã desta quarta-feira (31), durante as operações “Déjà vu” e “Odisseia”. Os alvos das operações são suspeitos de integrar uma organização criminosa responsável por sonegação de impostos que ultrapassam o valor de R$ 370 milhões.

As duas operações foram deflagradas pelo Ministério Público Estadual e a Polícia Judiciária Civil, por meio da Delegacia Especializada de Crimes Fazendários (Defaz), com apoio da Secretaria de Fazenda do Estado de Mato Grosso.


Dentre os bens sequestrados estão residências de luxo nos principais condomínios da capital cuiabana, veículos, embarcações e o bloqueio de contas das pessoas investigadas, com o objetivo de reparar o dano ao erário causado pelas fraudes fiscais relacionadas ao ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços).

Clique aqui para seguir o canal do Portal Gazeta Rondônia no WhatsApp
 
Além da criação de diversas empresas de fachada, na operação Odisséia ficou constatado que o grupo criminoso se valeu de ardil para induzir ao erro o Poder Judiciário, obtendo liminares indevidas, com o escopo de fraudar a fiscalização e lesar os cofres públicos.  Na mesma operação, foi observada a utilização de dados cadastrais de contadores já falecidos, fato que tinha o objetivo de dificultar a identificação e eventual punição do verdadeiro responsável contábil que operava para a organização criminosa.  

Ao todo, nas duas operações, foram expedidos mandados de busca e apreensão para sete cidades, em três diferentes estados da federação (Mato Grosso, Pará e Paraná), movimentando um total de 57 policiais civis, peritos da Politec e fiscais da Sefaz-MT. 

A ação está alinhada ao planejamento estratégico do Comitê Interinstitucional de Recuperação de Ativos (Cira), com atuação integrada de diversos órgãos estatais. 

Receba as principais notícias do Gazeta Rondônia com exclusividade no WhatsAppTelegramFacebook ou Instagram e fique por dentro de tudo!
 
Assessoria.


Notícias Relacionadas »
Comentários »