03/02/2024 às 09h49min - Atualizada em 03/02/2024 às 09h49min

Em Rondônia, menina de 10 anos é assediada sexualmente por prestador de serviços dentro de escola

Gazeta Rondônia

Gazeta Rondônia Publicidade 790x90

Uma mulher, de 31 anos, acionou a Polícia Militar, na noite desta sexta-feira (2), após sua filha, de 10 anos, ser assediada, por um prestador de serviços em uma escola profissionalizante, no bairro Embratel. 

A mulher levou a filha e estava na sala de aula, sendo que a criança ficou do lado de fora.


Passados alguns minutos, a menina entrou na sala chamando pela mãe, afirmando que estava sendo assediada por um homem e que também teria olhado para suas partes íntimas.

Clique aqui para seguir o canal do Portal Gazeta Rondônia no WhatsApp

No momento em que o homem percebeu que a criança chamou pela mãe, ele fugiu pelos fundos do local.

A direção da escola informou aos policiais que a pessoa denunciada seria um prestador de serviço, que faz a limpeza do local.

Durante o tempo que os policiais registravam a ocorrência, uma aluna denunciou o mesmo criminoso, afirmando que também já foi vítima do homem. Na ocasião, ele teria assediado a estudante na sala de aula.

Uma ocorrência foi registrada para que a Polícia Civil investigue o caso.

Receba as principais notícias do Gazeta Rondônia com exclusividade no WhatsAppTelegramFacebook ou Instagram e fique por dentro de tudo!

Fonte: Rondoniagora.

Gazeta Rondônia Publicidade 790x90


Notícias Relacionadas »
Comentários »