Gazeta Rondônia Publicidade 728x90
10/02/2024 às 14h09min - Atualizada em 10/02/2024 às 14h09min

Homem mata esposa por ciúmes com 42 facadas e diz que achava que estava sendo traído

Gazeta Rondônia

Gazeta Rondônia Publicidade 790x90

Um crime chocante abalou a cidade de Pinhais, no Paraná. John Lenon de Souza, de 33 anos, preso em flagrante suspeito de matar a esposa, Crislaine Matozo de Barros, prestou depoimento à Polícia Civil nesta sexta-feira (9). O homem alegou que encontrou mensagens apagadas no celular da vítima e que achava que estava sendo traído.
 
“Ele fala que a motivação foi ciúmes, que ele achava que ela tinha um caso extraconjungal. Ele fala que perdeu a cabeça e matou a esposa”, explicou a delegada Géssica Andrade, de Pinhais, responsável pelas investigações.

Clique aqui para seguir o canal do Portal Gazeta Rondônia no WhatsApp
 
O depoimento durou 40 minutos.

O casal estava junto há 16 anos e tinha dois filhos: uma adolescente de 13 anos e uma criança, um menino, de 4 anos. Segundo vizinhos, John Lenon já tinha agredido a esposa em dezembro.
 
Nesta sexta-feira de manhã, após os filhos saírem para a escola, o homem amarrou, amordaçou e ameaçou a vítima. Crislaine conseguiu fugir, mas foi alcançada na frente de casa. O marido confessou que matou a esposa com 42 facadas. Depois, ele fugiu de carro e foi preso horas depois, em Morretes, no Litoral.

Receba as principais notícias do Gazeta Rondônia com exclusividade no WhatsAppTelegramFacebook ou Instagram e fique por dentro de tudo!
 
Fonte: RIC Notícias.

Gazeta Rondônia Publicidade 790x90


Notícias Relacionadas »
Comentários »