29/04/2021 às 18h08min - Atualizada em 29/04/2021 às 18h08min

PF cumpre 31 mandados judiciais em cinco estados e investiga organização criminosa instalada em Rondônia

Remessas de cloridrato de cocaína e maconha foram interceptadas pela polícia em Vilhena

Gazeta Rondônia

A "Operação Criptonita" foi deflagrada pela Polícia Federal na manhã desta quarta-feira (28) com o objetivo de cumprir 31 mandados judiciais, sendo 11 de prisão preventiva e 20 de busca e apreensão em cinco estados do Brasil. Uma organização criminosa instalada em Ariquemes (RO) que atua com o tráfico de drogas internacional é investigada.

Os mandados foram expedidos pela 3ª Vara Federal da Seção Judiciária em Rondônia e estão sendo cumpridos em Rondônia, Mato Grosso, Bahia, Espírito Santo e Paraná.

Segundo a PF, as investigações começaram em fevereiro de 2019 com o objetivo de identificar os integrantes do grupo criminoso envolvido com tráfico de entorpecentes que tem Ariquemes como sede. As drogas eram levadas da Bolívia ao estado do Espírito Santo.

Os policiais apuraram que os investigados recebiam cocaína de fornecedores bolivianos e a transportavam escondida em caminhões e carros até o estado do Espírito Santo. Um outro núcleo dessa mesma organização criminosa, sediado no Espírito Santo, adquiria maconha no Paraguai passando pelo Paraná.

Quatro remessas de cloridrato de cocaína e maconha foram interceptadas pela polícia, totalizando cerca de 1 tonelada de entorpecentes. As apreensões foram realizadas em Rosário d’Oeste (MT), Vilhena (RO), Cachoeiro do Itapemirim (ES) e Mimoso do Sul (ES).


Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale Conosco!
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp