01/06/2021 às 22h04min - Atualizada em 01/06/2021 às 22h04min

Mais de 100 produtores rurais do Cone Sul são beneficiados com o programa “Mais Calcário”

Gazeta Rondônia
SECOM-RO
Com o objetivo de fortalecer e apoiar cada vez mais os produtores da agricultura familiar, o Governo de Rondônia, por meio da Secretaria de Estado da Agricultura (Seagri), vem intensificando as entregas de toneladas de calcário no Cone Sul. A ação faz parte do programa “Mais Calcário” e deve atender 115 produtores de leite, totalizando 3.355 toneladas na região.

A aplicação de calcário (calagem) atua na acidez do solo e no fornecimento de nutrientes como cálcio e magnésio para as plantas. Assim, a prática elimina a acidez, aumenta a Capacidade de Troca de Cátions (CTC) e melhora o aproveitamento de nutrientes pelas plantas.

Segundo a Entidade Autárquica de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater), a entrega é realizada pelo Serviço de Transporte gratuito, por meio do recurso do Proleite (Programa de desenvolvimento da pecuária leiteira). Em 2020, 77% do calcário foi entregue aos produtores, para este ano de 2021, o Estado vem entregando o restante 22%.
 
A equipe da Emater, que juntamente com a Seagri vem acompanhando essas entregas aos produtores, informa que mais de 100 famílias rurais dos sete municípios do Cone Sul, sendo Cabixi, Pimenteiras do Oeste, Colorado D’Oeste, Corumbiara, Cerejeiras, Vilhena e Chupinguaia foram beneficiadas com o programa.

Durante a entrega, as equipes conversam pessoalmente com os produtores, ouvindo a satisfação com o Estado pelo apoio que vem ofertando às famílias do campo. Utilizado para correção do solo, o calcário é de fundamental importância para a assimilação dos nutrientes necessários à formação e recuperação de pastagens.

Mais de 1.719,5 toneladas de calcário foram entregues em todo o Estado, totalizando 6.945,5 toneladas entregues em 2021, atendendo mais de 200 produtores de leite da agricultura familiar beneficiados com o transporte gratuito de calcário.
 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »