03/06/2021 às 10h50min - Atualizada em 03/06/2021 às 10h50min

Porto Velho está entre as capitais brasileiras com forte potencial de investimento para ensino internacional bilíngue

Gazeta Rondônia
Gazeta Rondônia
Até 2023, a Red House International School pretende movimentar o mercado de educação básica no país. Ofertando um ensino internacional bilíngue de excelência, a rede de escolas prevê totalizar 20 unidades espalhadas pelo Brasil e atualmente procura investidores locais interessados em abrir novas unidades em Porto Velho (RO), uma das capitais brasileiras com forte potencial no segmento de educação internacional.
 
O plano de expansão da Red House acompanha o ritmo de crescimento de procura por escolas bilíngues qualificadas no país, um mercado de instituições de ensino premium da educação básica que movimenta cerca de R$ 10 bilhões por ano no Brasil. “Há uma demanda reprimida enorme por escolas internacionais em Porto Velho”, afirma Filomena Garcia, Head of Growth da Red House. “O crescimento sustentável da nossa rede em meio a um cenário de pandemia reflete a resiliência do setor educacional bilíngue e a força da marca Red House.” 
     
Com seis câmpus que atendem alunos da Educação Infantil e Ensino Fundamental em São Paulo, Paraná e Pernambuco, a Red House oferece um currículo internacional em consonância com a Base Nacional Comum Curricular (BNCC) e que segue as diretrizes do International Baccalaureate (IB) e do americano Common Core. As aulas ocorrem em conformidade com o padrão de carga horária das melhores instituições educacionais do mundo, de período semi-integral. 
 
A proposta da Red House contempla uma intensa capacitação de professores e o desenvolvimento de material didático próprio associado a uma plataforma de tecnologias educacionais de ponta. O projeto educacional integra o digital e o social ao espaço físico, por meio de uma arquitetura exclusiva com o objetivo de criar uma escola verdadeiramente digital em um ambiente perfeito para desenvolver a melhor experiência do aprendizado. 
 
O currículo diferenciado, juntamente com metodologias pedagógicas suportadas pela Science of Learning, constituem um ecossistema completo de aprendizado. “Por meio da interdisciplinaridade e do ensino contextualizado, conseguimos formar jovens pluriculturais preparados para atuar em nível mundial”, explica Filomena. 
 
Para a seleção dos parceiros locais interessados na abertura de novas escolas da rede, a Red House é criteriosa. “Buscamos investidores que tenham interesse em educação, e os mesmos princípios e valores que os nossos. Prezamos pela excelência do ensino e de nossos educadores, e essa premissa sempre norteará nosso negócio. Isso é imprescindível para garantirmos a qualidade do nosso programa em todas as unidades”, conclui.
 
Red House International School (www.redhouseschool.com.br
 
Com uma história de mais de 60 anos de sucesso em educação, a Red House inspirou-se em instituições internacionais de ponta para trazer ao Brasil o que há de melhor e mais inovador no que diz respeito à educação internacional bilíngue. Com três câmpus na capital paulista, o grupo também conta com unidades em Jundiaí, Recife e Curitiba. Até 2023, o grupo terá 20 escolas espalhadas pelo Brasil. As aulas ocorrem em conformidade com o padrão de carga horária das melhores instituições educacionais do mundo, de período semi-integral.
 
SEJA O REPÓRTER ENVIANDO PAUTAS E SUGESTÕES

Colabore enviando pautas e sugestões ao portal eletrônico Gazeta Rondônia por meio do canal aberto de WhatsApp envie notícias, fotos, áudios, vídeos, sugestões, correções ou flagrantes e não se esqueça de solicitar anonimato ou não.

Para que sua imagem tenha mais qualidade, orientamos que fotos e vídeos deverão ser feitos com o celular na posição horizontal. Textos e denúncias anônimas também podem ser enviadas a redação do Gazeta Rondônia pelo e-mail: gazetarondonia01@gmail.com

Acompanhe nossa página no Facebook e fique bem informado (a) com as principais notícias de Rondônia, Brasil e Mundo.

Quer receber no seu celular links de notícias exclusivas de Rondônia, Brasil e Mundo participe do Grupo de Whatsapp do portal Gazeta Rondônia, sem debates ou comentários. 

Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você desenvolveu algum transtorno relacionado à saúde mental durante a pandemia?

37.8%
4.9%
6.1%
12.2%
39.0%
Fale Conosco!
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp