18/07/2021 às 12h08min - Atualizada em 18/07/2021 às 12h08min

Deslizamento de terra no Japão deixa 15 mortos e 14 desaparecidos

Gazeta Rondônia

O saldo do deslizamento de terra e de lama de 3 de julho na estação balnear japonesa de Atami subiu para 15 mortos, informou neste domingo (18) uma autoridade local, enquanto continuam as tarefas de busca para encontrar 14 residentes ainda desaparecidos.

"Outras duas pessoas foram confirmadas mortas durante o fim de semana e o número de vítimas se eleva agora a 15", declarou à AFP um porta-voz da gestão local de catástrofes, Yuta Hara.

Quatorze pessoas continuam desaparecidas, acrescentou esse porta-voz.

O deslizamento de terra ocorreu em 3 de julho após dias de intensas chuvas na área de Atami, uma cidade termal erguida na encosta de uma montanha a 100 quilômetros ao sudoeste de Tóquio. 

Dezenas de imóveis foram destruídos ou danificados pela avalanche de lama que caiu em diferentes ondas, carregando postes de energia elétrica, arrastando veículos e arrancando prédios do chão.

Grande parte do Japão se encontrava em plena temporada de chuvas, que costumam provocar inundações e deslizamentos.

Segundo os cientistas, o fenômeno é agravado pela mudança climática, já que uma atmosfera mais quente retém mais água e aumenta o risco e a intensidade das precipitações extremas. Fonte R7


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »