27/07/2021 às 17h16min - Atualizada em 27/07/2021 às 17h16min

Veja como funciona o golpe do Pix agendado

Gazeta Rondônia
 

O Banco Central lançou no passado o Pix, um sistema de pagamentos que permite transferências instantâneas a qualquer dia e horário. Desde então, a ferramenta vem ganhando novas funções. Uma das mais recentes é o Pix agendado, criado para possibilitar o agendamento de transações.

Há algumas semanas, essa novidade tem sido alvo de boatos nas redes sociais. Segundo relatos, criminosos criaram novo golpe na praça utilizando o Pix agendado para roubar dinheiro das vítimas.

No suposto esquema, o criminoso agenda um Pix para a vítima, que recebe uma notificações informando que isso ocorreu. Em seguida, ele entra em contato avisando que a transferência foi feita por engano e solicita a devolução do dinheiro.

O que acontece é que, assim que a pessoa transfere o valor de volta, o golpista cancela o Pix. Dessa forma, concretiza o golpe ficando com o dinheiro para si.

O golpe foi confirmado?

Segundo informações do Banco Central para o G1, o usuário não consegue verificar o dinheiro na sua conta quando um Pix é apenas agendado. Sendo assim, o golpe não ocorreria dessa forma, mesmo sua existência seja verdade.

Nessa modalidade de transação, quem recebe o dinheiro só consegue verificar o valor na conta bancária quando, de fato, ele já foi creditado.

Para evitar esse tipo de esquema criminoso, é importante saber que é o Pix só tem valor quando a transferência é realizada. Sendo assim, quem enviou pode cancelar a transação a qualquer momento antes do dinheiro cair na conta, sem a necessidade de entrar em contato com o recebedor. Fonte R7


Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale Conosco!
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp