03/08/2021 às 08h24min - Atualizada em 03/08/2021 às 08h24min

Trainees da Pró-Saúde fazem imersão ao mundo da gestão no Oncológico Infantil

"Aqui no hospital temos a oportunidade de mergulhar nessa cultura organizacional, conhecendo na prática, os desafios das equipes assistencial e administrativa”, diz trainee

Gazeta Rondônia
Assessoria

“Vocês serão desafiados diariamente durante toda a estada e compreenderão técnica e claramente como funciona a gestão de um hospital diferenciado, voltado à oncologia infantojuvenil”. As palavras do administrador Fábio Machado, diretor Hospitalar do Oncológico Infantil, em Belém, marcaram a recepção e o processo de integração, concluídos nesta sexta-feira, 30, dos novos trainees para a imersão de experiências práticas com dois dos seis profissionais selecionados no Trainee Executivo da Pró-Saúde, uma das maiores entidades filantrópicas de gestão hospitalar do país. 

Lançado em março deste ano, a primeira fase de seleção obteve, aproximadamente, 900 inscrições de candidatos das regiões de todo o Brasil. Após a triagem, convocação, testes, dinâmicas e entrevistas, etapas que integraram o processo seletivo, foram contratados seis trainees, sendo três do mercado e três selecionados entre os mais de 16 mil colaboradores da entidade.

O carioca Carlos Magno, de 44 anos, graduado em Administração e pós-graduado em Gestão de Negócios e Saúde Pública, foi um dos que conquistou a vaga no programa para atuar no Hospital Oncológico Infantil Octávio Lobo, unidade de referência no combate ao câncer entre jovens e crianças no Pará. Ele conta que participar do programa de Trainee da Pró-Saúde está sendo uma experiência enriquecedora. 

 

“Aqui no hospital temos a oportunidade de mergulhar nessa cultura organizacional, conhecendo, na prática, os desafios das equipes assistencial e administrativa. Estamos ampliando nosso conhecimento sobre gestão hospitalar e acreditamos que possamos impactar cada vez mais, de forma positiva, a vida dos nossos usuários e, por consequência, da sociedade”, disse Carlos.

Deyvid Mazeo, paulista, de 33 anos, graduado em Ciências Contábeis, Direito e pós-graduado em Auditoria, Controladoria e Perícia Contábil, foi também selecionado para o Oncológico Infantil.
 

“O meu objetivo neste programa é me aperfeiçoar, aprimorar minhas habilidades e valores, buscar ser referência como administrador hospitalar e fazer com que todos os pacientes recebam serviços de saúde com a máxima qualidade e de forma humanizada”, afirma.

“A cada dia minha percepção aumenta sobre o trabalho humanizado, desenvolvido por todos os colaboradores da Pró-Saúde no hospital, pois este visa a agregar ao máximo valor aos seus pacientes e colegas de trabalho. Impressiona ver como todos os departamentos se alinham de forma a parecer um organismo vivo e complexo”, observou.

O Hospital Oncológico Infantil Octávio Lobo é uma unidade do Governo do Estado do Pará, administrado pela Pró-Saúde. É integrado ao Sistema Único de Saúde (SUS) com atendimento voltado exclusivamente ao diagnóstico e tratamento especializado contra o câncer infantojuvenil. Uma de suas marcas desde a inauguração é a oferta de um atendimento diferenciado, pautado nos princípios da Política Nacional de Humanização. 

Imersão no maior hospital do SUS

Desde o início desta semana os dois trainees deram o start para seguir a trilha da gestão por todo o hospital que os direciona para visitas a todos os setores da unidade, onde aprofundarão os conhecimentos sobre os processos de gestão de cada área hospitalar. Para esta atividade contaram com a companhia dos diretores Administrativo e Financeiro, Assistencial, Técnico e Hospitalar. 

Conheceram o funcionamento da gestão de atividades, como a da Unidade de Atendimento à Intercorrências (UAI), Quimioterapia, Serviço Ambulatorial, Unidade de Internação, Brinquedotecas, Centro Cirúrgico, Unidade de Terapia Intensiva (UTI), dentre outras áreas que fazem parte da estrutura hospitalar.

O hospital tem atendimentos multiprofissionais que contemplam especialidades como fisioterapia, fonoaudiologia, psicologia, serviço social e terapia ocupacional, ortopedia, nutrição, o que confere a instituição um lugar de destaque no que se refere ao atendimento e responsabilidade com vidas. 

 

“A experiência que os dois profissionais terão em seu currículo será extremamente singular, pois eles estarão no maior hospital do Sistema Único de Saúde (SUS) em números de leitos concentrados, com atendimento voltado, exclusivamente, ao diagnóstico e tratamento especializado do câncer infantojuvenil”, destaca o diretor Hospitalar, Fábio Machado.

“Eles já estão percebendo com muita facilidade o nosso jeito de ser, que é trabalhar na oferta de um atendimento diferenciado, pautado em práticas hospitalares humanizadas”, acrescenta.

Em sua atuação institucional o Oncológico Infantil é um hospital signatário do Pacto Global da Organização das Nações Unidas (ONU), para a adoção de bons valores e práticas nas áreas de direitos humanos, relações de trabalho e meio ambiente. 

O hospital é uma Unidade que possui o selo ONA 3 - Acreditado com Excelência, o nível mais alto de qualidade concedido pela Organização Nacional de Acreditação (ONA) às instituições de saúde do país que apresentam uma gestão integrada e uma assistência segura e de qualidade aos usuários.

Os trainees do Oncológico Infantil devem atuar por cerca de um ano, com objetivo de adquirir experiências práticas no ambiente hospitalar e desenvolver habilidades alinhadas aos métodos de inteligência em gestão aplicados pela Pró-Saúde nos hospitais que administra.

O mesmo processo de aprendizagem está sendo aplicado aos outros quatro trainees selecionados, que atuam no Hospital Metropolitano de Urgência e Emergência, em Ananindeua; e no Hospital Regional do Baixo Amazonas (HRBA), em Santarém, gerenciados pela Pró-Saúde.


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você desenvolveu algum transtorno relacionado à saúde mental durante a pandemia?

37.5%
4.5%
5.7%
11.4%
40.9%
Fale Conosco!
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp