20/08/2021 às 08h39min - Atualizada em 20/08/2021 às 08h39min

Polícia Civil desarticula quadrilha ligada a facção criminosa PCC em Cerejeiras

Gazeta Rondônia

A Polícia Civil do Estado de Rondônia deflagrou, nesta sexta-feira (20) a “Operação 1533 - Fase 2” resultado de investigações conduzidas pela da 1ª Delegacia de Polícia de Cerejeiras, o qual revelou a existência de uma Organização Criminosa que traficava drogas e fazia receptação de objetos furtados e roubados na cidade, apesar de alguns dos integrantes estarem reclusos, continuaram a exercer a liderança da facção, emanando ordens do interior dos estabelecimentos prisionais.
 
Com a autorização Judicial, foram cumpridos simultaneamente 11 mandados de busca e apreensão em Cerejeiras, Cacoal e Rolim de Moura, algumas no interior dos estabelecimentos prisionais. As investigações duraram cerca de 5 meses, sendo apurado que havia se instalado na cidade de Cerejeiras uma célula da Facção Criminosa denominada “PCC” – Primeiro Comando da Capital – e constatado que no período das investigações os suspeitos atuavam ativamente na organização, planejamento e executando diversos crimes.
 
Na ação dessa sexta-feira foram apreendidos: bilhetes, anotações e dezenas munições, sendo uma pessoa presa por posse irregular de munições. Além dos Policiais Civis de Cerejeiras, a ação policial contou com o apoio do Grupo de Ações Penitenciárias Especiais – GAPE- da SEJUS e da Delegacia de Rolim de Moura e a Delegacia de Repressão ao Crime Organizado de Cacoal – DRACO.
 
O nome da operação “1533” se remete ao acrograma comumente utilizado pelos presos faccionados para se referir a Facção “PCC” – Primeiro Comando da Capital. Fonte e Fotos: PC-RO.


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você desenvolveu algum transtorno relacionado à saúde mental durante a pandemia?

40.6%
2.9%
5.8%
11.6%
39.1%
Fale Conosco!
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp