26/08/2021 às 19h12min - Atualizada em 26/08/2021 às 19h12min

Imunização contra covid-19 avança no Cone Sul e municípios iniciam vacinação em adolescentes

Gazeta Rondônia
 

Seguindo o Plano Nacional de Imunização (PNI), o Governo de Rondônia, por meio da Agência Estadual de Vigilância em Saúde (Agevisa), iniciou a imunização de adolescentes de 12 a 17 anos nas cidades do Cone Sul. Em Vilhena, a aplicação da 1ª dose da vacina contra a covid-19 para essa faixa etária inicia nesta quinta-feira (26).

A vacinação em adolescentes de 12 a 17 anos foi autorizada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) com o imunizante da farmacêutica Pfizer. Com isso, o Estado deu início a imunização dessa faixa etária em todos os municípios que já imunizaram a população com idade igual ou superior a 18 anos.

O secretário de Estado da Saúde (Sesau), Fernando Máximo, reforça que a prioridade é atender os jovens que possuem alguma das comorbidades definidas pelo PNI, além de adolescentes que estejam gestantes ou puérperas. Logo então, os municípios seguem com a imunização para todo o público a partir de 12 anos.

Para a região do Cone Sul, o Governo do Estado destinou, em menos de uma semana, três remessas totalizando a chegada de 11.861 doses contra o coronavírus. No município de Vilhena, iniciou-se a vacinação em adolescentes de 12 a 17 anos com comorbidades na quarta-feira (25). Os sem comorbidades de 17 e 16 anos serão imunizados nesta quinta-feira (26). Na sexta-feira (27), a faixa etária reduz para os adolescentes de 15 e 14 anos. Segundo o painel de vacinação do Governo, a cidade já imunizou com a primeira dose 79,5% da população.

74.7% da população vacinável de Rondônia já receberam a 1ª dose

A estudante, Ana Clara Magalhães Fernandes, de 17 anos, foi acompanhada da mãe e as duas comemoraram a vacinação. “Estava ansiosa pela vacina, pois acredito na importância de todos se imunizarem contra essa doença”.

As cidades de Cabixi, Colorado do Oeste, Cerejeiras, Pimenteiras do Oeste, Corumbiara e Chupinguaia também iniciaram a imunização dos jovens com comorbidades e seguem em ritmo acelerado para vacinar todos os jovens da região do Cone Sul. Segundo o gerente da III Regional da Sesau, Sergio Matos, mais 4.999 doses chegaram na quarta-feira (25) e a Regional já iniciou a distribuição aos municípios.

Em Rondônia, 966.714 receberam a primeira dose, totalizando 74.7% da população vacinável contra covid-19. O diretor-geral da Agevisa, Gilvander Gregório de Lima, reforça que o Ministério da Saúde alerta que, considerando o cenário de transmissão comunitária da covid-19 em todo o território nacional, faz-se necessária a manutenção das medidas não farmacológicas de prevenção à transmissão do vírus, tais como: uso de máscara; distanciamento social; etiqueta respiratória; e higienização das mãos, dos objetos de uso pessoal e comercializados, dentre outros.

3ª DOSE

Na noite de quarta-feira (25), o secretário Fernando Máximo, após reunião em Brasília com o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, anunciou a aplicação da dose de reforço para idosos com 70 anos ou mais e para imunossuprimidos, como as pessoas com câncer, HIV, transplantados, ou seja, aquelas com baixa imunidade deixando o paciente suscetível a infecções.

“A imunização começa a partir do dia 15 de setembro, para os idosos que completaram o esquema vacinal há mais de seis meses e para as pessoas imunossuprimidas que há mais de 28 dias completaram o esquema vacinal”, informou o secretário.

 

Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você desenvolveu algum transtorno relacionado à saúde mental durante a pandemia?

37.5%
4.5%
5.7%
11.4%
40.9%
Fale Conosco!
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp