13/10/2021 às 18h11min - Atualizada em 13/10/2021 às 18h11min

Moradores de Cerejeiras, RO, enfrentam falta de água e desabafam: 'Estamos estocando para alimentação

Gazeta Rondônia

Moradores de Cerejeiras (RO) relatam que estão há dias convivendo com a instabilidade no fornecimento de água encanada. De acordo com eles, tem dias em que a água sai pela torneira e outros em que a água vem por apenas 40 minutos.

Baixa vazão do rio Araras em Cerejeiras, RO — Foto: Companhia de Águas e Esgotos de Rondônia (Caerd)

Baixa vazão do rio Araras em Cerejeiras, RO — Foto: Companhia de Águas e Esgotos de Rondônia (Caerd)

A situação preocupa a população, já que a água é um item importante na higiene para conter o contágio da Covid-19. Além disso, as necessidades básicas do dia a dia, como tomar banho, afazeres de casa e preparação de refeições, também são prejudicadas.

Uma moradora explicou que, quando consegue encher a caixa d'água, tenta economizar ao máximo para evitar que acabe. Laécio, morador do município, também explicou que por medo da falta de água, prefere estocar para garantir que conseguirá preparar as refeições.

"Economia total. Nós estamos estocando [água] para alimentação. Busco água de galão para banhar e lavar os banheiros", afirmou.

 

O que diz a fornecedora de água?

 

A causa da instabilidade no abastecimento de água no município, conforme a Companhia de Águas e Esgotos de Rondônia (Caerd), é a diminuição da vazão do Rio Araras, principal rio de abastecimento da cidade. De acordo com a companhia, o nível do rio está baixíssimo.

Novo ponto de captação de água no rio do Óleo em Cerejeiras, RO — Foto: Caerd

Novo ponto de captação de água no rio do Óleo em Cerejeiras, RO — Foto: Caerd

A companhia explicou que nesta época do ano, ocorre o rebaixamento natural do nível dos rios. A situação acontece devido ao rigor do verão na região, que aliado ao alto consumo de água, afeta a distribuição no município.

Conforme a companhia, para tentar diminuir a instabilidade, a Caerd realizou uma força-tarefa na semana passada para montar um outro ponto de captação de água no rio do Óleo. Segundo a Caerd, com esse novo ponto, cerca de 90% do problema na localidade foi resolvido.

Além disso, a Caerd solicitou o apoio da população de Cerejeiras para economizar e controlar o uso da água para evitar o racionamento, como evitar lavar veículos, calçadas e "outros gastos desnecessários no momento". Fonte: G1


Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale Conosco!
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp