27/10/2021 às 08h10min - Atualizada em 27/10/2021 às 08h10min

Cerejeiras poderá avançar ainda mais com um Plano Diretor moderno e atualizado; aqui estão algumas modestas sugestões

Gazeta Rondônia
Rildo Costa
Área urbana de Cerejeiras. Um Plano Diretor atual poderia inspirar um novo avanço para a cidade. (Foto: Leandro Paese)

O município de Cerejeiras já possui um Plano Diretor.

Este documento organiza o que pode e o que não pode ser realizadas no município em termos de obras públicas e privadas, regulamenta as ações urbanas e tenta dar uma padronização nos projetos urbanísticos.

No entanto, autoridades cerejeirenses acreditam que o atual Plano Diretor de Cerejeiras precisa ser atualizado.

O autor desta reportagem também acredita.

E a razão são as seguintes:

  1. O atual Plano Diretor de Cerejeiras foi uma “cópia” de outro município, “adaptado” para as condições cerejeirenses. O ideal, no entanto, é que as autoridades cerejeirenses, assessorados por técnicos competentes, construía um Plano Diretor do zero, tendo as condições geográficas, demográficas e sociais de Cerejeiras como parâmetro para orientar a formulação do documento.

  2. O atual Plano Diretor de Cerejeiras não possui um “código de obras”. Ou seja, os engenheiros e arquitetos do município não têm uma orientação muito clara vinda do poder público sobre a padronização da construção civil, especialmente na área urbana do município.

  3. O atual Plano Diretor de Cerejeiras não tem um projeto para o futuro. Em outras palavras, ele não é idealista, não tem metas, não inspira, não estimula os atores sociais do município a projetar o futuro.

Tendo essas análises em mente, faço aqui algumas sugestões.

A primeira sugestão é que se faça um Plano Diretor moderno, atual e completo. Que se formule um documento que não somente regulamenta, mas que inspire.

Por isso, deixo aqui 12 sugestões que poderiam ser incluídas no novo Plano Diretor de Cerejeiras.

As sugestões são as seguintes:

  1. Abertura de um anel viário para desvio da Avenida das Nações.

  2. Prolongamento da Avenida São Paulo na direção norte.

  3. Construção de um parque ecológico, para que exista uma área verde no corpo urbano de Cerejeiras.

  4. Construção de uma praça com pista de skate, mesas para dominó e xadrez.

  5. Construção e urbanização de um lago com área de caminhada, local para exercícios ao ar livre e piqueniques na saída para Corumbiara.

  6. Realização de serviços de urbanização e paisagismo em todos os prédios públicos do município.

  7. Campanha de conscientização e cobrança para a construção de calçadas e ligação das residências a rede de esgoto.

  8. Prolongamento da Avenida Integração Nacional até a Cargill e pavimentando-a até a Linha 4.

  9. Construção de um arquétipo que constrói a marca do município de Cerejeiras (como as três caixas d'água marca Porto Velho). Pode ser, por exemplo, a construção de uma estátua de três pequenos silos agrícolas.

  10. Construção de duas ciclovias que atravessem a cidade de lado a lado em duas direções (Avenida das Nações e Avenida São Paulo).

  11. Asfaltamento de ruas e avenidas do Parque Industrial, que é considerado área urbana. O asfalto pode ser feito no modelo “comunitário”, ou seja, a prefeitura faz e os empresários do local pagam pela obra.

  12. Apresentar uma programação de arborização, com plantio de espécies adequadas para o convívio com estruturas urbanas.

 
À guisa de conclusão, gostaria de dizer que não é uma tarefa muito fácil implantar todos estes projetos em Cerejeiras.

Entretanto, a proposta desta reportagem não é sugerir a implantação dos projetos em si (não por ora), mas sim defende a elaboração de um Plano Diretor que contemple essas ações. Pois tudo na vida funciona assim: primeiro você sonha, depois você realiza.


 


Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale Conosco!
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp