16/01/2021 às 22h33min - Atualizada em 16/01/2021 às 22h33min

Após 44 anos, 4 moradoras de Cerejeiras reencontram irmã e comemoram aniversário em Curitiba

Gazeta Rondônia
Gazeta Rondônia
Maria de Freitas Gonçalves, 65 anos, finalmente reencontrou suas irmãs; Maria Aparecida, Sônia, Luzia e Marli Conti, que moram no município de Cerejeiras (RO) e não se viam há 44 anos.

Maria de Freitas havia perdido o contato com a mãe e as irmãs há mais de 20 anos e não tinha nenhuma informação do paradeiro das mesmas e a localização foi realizada em setembro de 2020, após matéria jornalística amplamente divulgada nos veículos de comunicação.

Na ocasião Marli Conti, muito emocionada afirmou que estava vivenciando um sonho. “Não pode ser verdade isso, meu Deus como esperei por esse momento, quantas vezes nas festividades de Natal e Ano Novo sempre lembrávamos que estava faltando um pedaço da gente, eu sempre pedia em minhas orações que Deus me desse à oportunidade de reencontrar nossa irmã Maria de Freitas com vida e Deus me atendeu e em breve estaremos todas juntas graças a Deus.” Disse Marli emocionada.



A mãe Maria Samuel dos Reis, infelizmente faleceu no dia 01 de novembro de 2001, mas suas quatro (4) filhas; Maria Aparecida, Sônia, Luzia, e Marli continuam residindo no município de Cerejeiras.
 
Maria de Freitas Gonçalves, está viúva há quase um ano, tem cinco (5) filhos, doze (12) netos e quatro (4) bisnetos e reside em Nova Cantu (PR), passou recentemente por uma cirurgia e está em Curitiba (PR) na casa de uma das filhas recuperando-se.

O ESPERADO REENCONTRO

As cinco (5) irmãs que não se reuniam há quarenta e quatro (44) anos, se reencontraram neste sábado (16) no dia em que Maria de Freitas completa aniversário de 65 anos, as irmãs Conti viajaram até Curitiba (PR) onde Maria de Freitas está se recuperando de delicada cirurgia realizada em dos joelhos.

Segundo Marli Conti, o momento é bastante especial e está sendo muito aproveitado. “Fizemos uma longa viagem até aqui, mas graças a Deus está valendo a pena, nossa irmã primogênita está com a saúde muito debilitada, por isso, ela não pode ir até Cerejeiras, mas nós quatro fizemos um grande esforço para virmos até aqui realizar esse antigo sonho de rever nossa querida irmã e tivemos o privilégio de comemorarmos juntas o aniversário dela nesta data especial.” Disse Marli.
 

Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale Conosco!
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp