04/12/2021 às 12h22min - Atualizada em 04/12/2021 às 12h22min

Acusado de matar funcionário da Energisa é preso no dia do aniversário e quase dois anos após o crime

Gazeta Rondônia

Gazeta Rondônia Publicidade 790x90

 

O foragido da justiça Evandilson Veloso de Oliveira, de 42 anos, foi preso na tarde de sexta-feira (3) em Porto Velho. Ele é acusado de matar a tiros o funcionário Gerson Francisco Nunes, da Energisa, em janeiro de 2020.

A prisão foi feita por policiais militares do 5º Batalhão, após uma denúncia anônima, onde informava que o acusado estava escondido em um quarto nos fundos de uma panificadora, na Avenida Raimundo Cantuária, bairro Jardim Santana, zona leste.

Ao ir fazer uma busca no local informado, os policiais encontraram Evandilson dormindo no cômodo.

Diante dos fatos, a equipe policial deu cumprimento a ordem de mandado de prisão e encaminhou o acusado para a Central de Polícia. Evandilson foi preso no dia que fazia aniversário.

 

Relembre o caso

 

Gerson Francisco Nunes, de 40 anos, prestava serviço terceirizado para a Energisa, na Rua Eurico Caruso, quando foi atingido por três tiros. O eletricista fazia a religação da energia da residência no momento do crime, em janeiro de 2020.

O acusado chegou a se apresentar na Delegacia de Homicídios e prestou depoimento, mas foi liberado por não estar em estado de flagrante. No mesmo dia, o Ministério Público Estadual (MP-RO) requereu à Justiça a prisão temporária do padeiro, além da busca e apreensão da arma usada no crime.

Após ser expedido o mandado de prisão pela 2ª Vara do Tribunal do Juri de Porto Velho, com validade até 2040, o acusado que já havia confessado o crime, se evadiu. Fonte: G1

Gazeta Rondônia Publicidade 790x90


Notícias Relacionadas »
Comentários »