30/01/2022 às 08h40min - Atualizada em 30/01/2022 às 08h40min

Covid-19 pode ser transmitida mesmo após período de quarentena, indica estudo

Gazeta Rondônia

Cerca de 8% das pessoas infectadas pela covid-19 podem continuar transmitindo a doença por mais de dois meses, mesmo sem sintomas. Esta é a conclusão de um estudo feito por pesquisadores afiliados à Plataforma Científica Pasteur-USP, uma parceria entre o Instituto Pasteur da França, a Universidade de São Paulo (USP) e Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). 
 
O estudo, publicado na revista Frontiers in Medicine, acompanhou 38 pacientes que testaram positivo para a covid-19 entre abril e novembro de 2020. Desses, três pessoas continuaram com o vírus no organismo por mais de 70 dias.  Em um deles, um homem de 38 anos, que manifestou sintomas leves de covid por 20 dias, o novo coronavírus continuou sendo detectado em seu organismo e sofrendo mutações por 232 dias. 
 
Os pesquisadores destacam que as evidências reforçam a necessidade do uso de máscara e distanciamento social. Além da importância da vacina. 
Um outro estudo, feito pelo Instituto de Medicina Tropical da Universidade de São Paulo (IMT-USP) em 2021, coletou 29 amostras de secreção nasofaríngea de pacientes que testaram positivo para covid-19 no décimo dia após o início dos sintomas e inoculado em células cultivadas em laboratório. Em 25% dos casos, os vírus presentes nas amostras foram capazes de infectar as células e se replicar in vitro. De acordo com os pesquisadores, isso mostra que essas pessoas ainda poderiam infectar outras pessoas. 
 
Nesta semana, o governo federal diminuiu o período de afastamento do trabalho para pessoas  com covid-19 de 15 para 10 dias. A portaria também diz que o período de afastamento pode ser reduzido para sete dias, caso o funcionário apresente resultado negativo em teste por método molecular ou teste de antígeno, a partir do quinto dia após o contato.
 
A orientação quanto ao isolamento também foi atualizada pelo Ministério da Saúde em janeiro. A recomendação agora é que, caso não haja mais sintomas no sétimo dia, a pessoa pode sair do isolamento. Existe ainda a possibilidade de sair do isolamento no quinto dia, o paciente não tenha mais nenhum sintoma respiratório, não apresente febre e esteja há 24 horas sem usar medicamento antitérmico, ele pode fazer um teste rápido de covid-19. Se o teste der negativo para o vírus, ele também está liberado.
 
A orientação da Organização Mundial de Saúde (OMS) é que o isolamento seja de no mínimo 10 dias. Fonte: Correio Braziliense.


Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale Conosco!
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp