04/02/2022 às 08h34min - Atualizada em 04/02/2022 às 08h34min

Mulher é assassinada após matar homem que estuprou sua filha de 2 anos

Gazeta Rondônia

Uma mulher, de 30 anos, foi assassinada a tiros em uma rua de Colombo, na região metropolitana de Curitiba, na quarta-feira (2), ela matou um homem que confessou ter estuprado a filha dela, em dezembro do ano passado.

 
A Polícia Civil do Paraná identificou a mulher como Nanes Leal da Silva. Morta com pelo menos cinco tiros na cabeça e no tórax, ela foi encontrada na rua Antônio Ferrarini, na Colônia Farias, após moradores ouvirem disparos de arma de fogo.
 
Testemunhas ouvidas pela Polícia Militar disseram que ela estava dentro de um carro com um homem momentos antes.

“Vizinhos relataram que ela estava dentro do carro e que, de repente, foi tirada do automóvel pelos cabelos e alvejada pelos tiros”, explicou o tenente Ronaldo, do 22º Batalhão de Polícia Militar.

Após o crime, um carro teria sido visto deixando o local. Uma ambulância chegou a ser acionada para socorrer a vítima, mas ela já estava morta quando os socorristas chegaram ao local.

Mãe mata homem que confessou estupro da filha

Nanes Leal da Silva foi detida em dezembro do ano passado depois de ter matado a facadas um homem, de 25 anos, que confessou ter estuprado a filha dela, de 2 anos. O homicídio foi registrado na rua Goiorê, no bairro Jardim Paloma, em Colombo.

À época, a criança fez reclamações à mãe sobre dores nas partes íntimas. Nanes, em seguida, teria questionado o homem que morava com ela há pouco mais de um mês.

Inicialmente, ele teria negado o estupro, mas confessou ao ser ameaçado pela mulher com uma faca. Após ter revelado à polícia que matou o homem a facadas, ela foi detida e encaminhada à delegacia. Fonte: Metrópoles – Imagem ilustrativa.
 


Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale Conosco!
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp