13/02/2022 às 18h59min - Atualizada em 13/02/2022 às 18h59min

Homem mata idosa a marretadas e é preso após convulsionar na cena do crime

Gazeta Rondônia

Um autônomo de 36 anos matou, com marretadas, uma idosa de 66 anos na residência dela, na área rural de Pedro de Toledo, no interior de São Paulo, no início da manhã deste domingo (13). Segundo parentes, eles mal se conheciam e não havia motivo para o crime. Ele foi preso em flagrante, pois teve uma convulsão na cena do crime após o ataque.

A vítima foi identificada como Dulcinea Polli de Almeida. Segundo registrado no boletim de ocorrência, ela estava em casa quando teve a residência invadida por um empregado temporário do irmão dela. Ele tinha trabalhado, por 15 dias, com o irmão da vítima, mas não era próximo da mulher.

Vizinhos ouviram a idosa, que morava sozinha, gritando por socorro por volta de 5h45. Então, os moradores chamaram o irmão dela, Vanderlei Polli, que mora na mesma rua. Já que o portão da residência estava trancado, o irmão pulou o muro e correu para dentro do imóvel, onde, no quarto da irmã, a encontrou caída e ensanguentada, já sem vida.

A mulher estava com diversos ferimentos, principalmente no rosto. Porém, ao lado dela e também coberto de sangue, estava o homem apontado como autor do crime, que desmaiou depois de convulsionar. O irmão acionou a Polícia Militar e uma ambulância do Samu, que constatou a morte da idosa no local, e levou o homem para o Hospital de Pedro de Toledo.

O homem foi levado ao hospital e, após exames, foi liberado para seguir até a Delegacia de Peruíbe, onde o caso foi registrado como homicídio e ele permaneceu preso. Os policiais militares ainda encontraram uma marreta ensanguentada na sala da casa e apreenderam para perícia.

Na delegacia, o homem exerceu seu direito de permanecer calado e não prestou depoimento às autoridades. O local do crime também foi periciado e o corpo da idosa levado ao Instituto Médico Legal (IML). O caso segue sob investigação. Fonte: G1


Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale Conosco!
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp