03/04/2022 às 10h09min - Atualizada em 03/04/2022 às 10h09min

Deslizamentos de terra em Angra dos Reis e Paraty causam a morte de mais de 15 pessoas

Gazeta Rondônia
Já chega a 15 o número de mortes decorrentes da forte chuva que atingiu o estado do Rio de Janeiro no sábado. Neste domingo (3), o Corpo de Bombeiros continua as buscas por quatro pessoas desaparecidas em um deslizamento de terra na cidade de Angra dos Reis.

Busca por desaparecidos no deslizamento de terra no bairro Monsuaba, em Angra dos Reis — Foto: Divulgação/Defesa Civil

Busca por desaparecidos no deslizamento de terra no bairro Monsuaba, em Angra dos Reis — Foto: Divulgação/Defesa Civil

Em Angra, os corpos de três crianças e três adultos já foram localizados. Eles estavam nas casas atingidas pelo desmoronamento de terra em Monsuaba.
Segundo autoridades, mais de cem moradores ficaram desabrigados naquela localidade.

Deslizamento atinge casas e deixa moradores soterrados em Angra dos Reis — Foto: Reprodução/Redes sociais

Deslizamento atinge casas e deixa moradores soterrados em Angra dos Reis — Foto: Reprodução/Redes sociais

Perto dali, em Paraty, outras sete mortes também foram confirmadas. As vítimas foram a mãe Lucimar e seis filhos: João, de dois anos, Estevão, de cinco anos, Yasmim, de oito anos, Jasmin, de 10 anos, e Luciano, de 15 anos e Lucimara de Jesus Campos, 17 anos. Um sétimo filho foi resgatado com vida e está estabilizado neste momento no Hospital Municipal Hugo Miranda.

Em Nova Iguaçu, morador usou caiaque para escapar de alagamento — Foto: Reprodução /TV Globo

Em Nova Iguaçu, morador usou caiaque para escapar de alagamento — Foto: Reprodução /TV Globo

Em Mesquita, na região metropolitana, um advogado de 38 anos morreu eletrocutado durante o temporal.

O Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia) manteve para este domingo alerta de chuva para todo o litoral do Rio de Janeiro. Há risco de novos deslizamentos de encostas, alagamentos e transbordamentos de rios.

Carro fica quase submerso devido a chuva no bairro Mumbuca, em Maricá. Moradores tentam se salvar — Foto: Redes sociais

Carro fica quase submerso devido a chuva no bairro Mumbuca, em Maricá. Moradores tentam se salvar — Foto: Redes sociais

Em alguns locais do estado choveu em 48 horas mais do que o esperado para o mês de abril todo. O governador Claudio Castro mobilizou secretários para minimizar os danos causados pelas chuvas.

Ponte caiu por conta da chuva em Saquarema, no RJ — Foto: Paulo Veiga/Inter TV

Ponte caiu por conta da chuva em Saquarema, no RJ — Foto: Paulo Veiga/Inter TV

Até a tarde de ontem, o Corpo de Bombeiros do estado havia recebido mais de 700 chamados por ameaças de desabamento, deslizamento e alagamento. Fonte: R7


Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale Conosco!
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp