07/02/2021 às 09h43min - Atualizada em 07/02/2021 às 09h43min

Corretor de imóveis processa instituição bancária por suposto calote de R$ 96 mil em Cerejeiras

Gazeta Rondônia
Gazeta Rondônia
O corretor de imóveis do município de Cerejeiras (RO) Helder Turci Sidney, distribuiu ação no Tribunal de Justiça de Rondônia – TJRO, com objetivo de receber comissão de corretagem no valor de R$ 96 mil reais, da Cooperativa de Crédito de Livre Admissão do Sudoeste da Amazônia Ltda – SICOOB Credisul.

No processo judicial nº. 70056693-14-2020-822.0014 distribuído em 20 de outubro de 2020, o corretor de imóveis, Helder Turci Sidney, devidamente registrado no Conselho Regional de Corretores de Imóveis de Rondônia – CRECI-RO sob o número 2658 alega ter intermediado a venda de um terreno de aproximadamente 3300 metros quadrados, localizado na Avenida das Nações, em frente à agência 4599 do SICOOB Credisul de Cerejeiras, que foi adquirido por um médico pelo valor global de R$ 1.600.000,00 (um milhão e seiscentos mil reais) e o valor cobrado corresponde a comissão de 6% conforme tabela do CRECI-RO.

Em pesquisa do processo junto ao portal do TJRO, nas alegações iniciais o corretor Helder esclarece que fez a intermediação da venda do imóvel e está buscando o que lhe é de direito.
 
Segundo narrado nas iniciais, Helder Turci Sidney, manteve contato com o Diretor Financeiro da cooperativa de crédito e disse a ele que tinha um provável comprador para o terreno de frente a Agência 4599 do Sicoob Credisul de Cerejeiras que estava à venda há anos e ele por ser conhecido disse que poderia levar o cliente que a comissão do corretor seria garantida por lei, já que o corretor de Imóveis estava habilitado a negociar o imóvel em nome do Sicoob Credisul, o cliente que tinha interesse no interesse no imóvel, foi identificado como médico e proprietário de um complexo hospitalar em Vilhena e o Diretor Financeiro afirmou que era para Helder ficar tranquilo que outro funcionário da instituição de crédito iria conversar com o cliente interessado no imóvel e já fecharia o negócio. O corretor mostrou o terreno ao cliente interessado.
 
Após a transação efetuada, meses depois já com a construção em andamento, Helder procurou o Diretor Financeiro do SICOOB Credisul em Vilhena, que por telefone disse que o funcionário da instituição que acompanhou a negociação, tinha combinado para o comprador para acertar a comissão com ele, o que não poderia ser feito, visto que, o médico era o comprador e o corretor havia combinado de receber a comissão do SICOOB Credisul, segundo relatado nas iniciais o mesmo ainda foi grosseiro e rude mandando o corretor Hélder turci Sidney se lascar e procurar seus direitos.
 
Diante dos fatos o corretor constituiu advogado e entrou com ação de recebimento de corretagem e na audiência de conciliação ocorrida em 27 de janeiro, não houve proposta de acordo e a última movimentação do processo nº. 70056693-14-2020-822.0014 no dia 01 de fevereiro de 2021 informa que está concluso para a decisão do Juiz conforme os autos.

Click e veja o processo: http://bit.ly/2N6nl5b

Crédito de imagem: Conheça e se inscreva no canal da RN Produções no Youtube http://bit.ly/3ignrTB


 
 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »