25/09/2022 às 20h12min - Atualizada em 25/09/2022 às 20h12min

Policial aposentado é preso suspeito de espancar, esfaquear e atirar na esposa em Rondônia

Gazeta Rondônia

Gazeta Rondônia Publicidade 790x90

Um policial civil aposentado, de 64 anos, foi preso na madrugada deste sábado (24) após atirar e esfaquear a companheira, uma mulher de 38, na zona sul de Porto Velho (RO). A vítima teve lesões no abdômen, costas, perna, pé e pescoço.

Uma testemunha, que presenciou toda a agressão realizada pelo homem, relatou aos policiais o que havia acontecido. A vítima precisou passar por procedimento cirúrgico.

De acordo com o boletim de ocorrências, a guarnição se deslocou até o endereço informado. No local, o suspeito, que se identificou como policial civil aposentado, já estava detido por uma guarnição do 5º Batalhão da PM.

Em contato com uma testemunha, que mora na mesma casa do casal, ela relatou aos militares que, na sexta-feira (23) pela manhã, o aposentado levou o carro da esposa para manutenção e quando retornou, ele a perguntou sobre um amassado na roda do veículo, momento em que começou uma discussão.

Após a briga, a mulher saiu para trabalhar e o policial ficou ingerindo bebida alcoólica em casa.

A testemunha ainda contou que, quando a mulher retornou do trabalho, o policial começou a brigar. Com medo dele, a mulher se escondeu em um quarto. No entanto, após várias ameaças ditas pelo homem, ela abriu a porta.

Dentro do quarto, ele começou a espancá-la com chutes, socos, empurrões e puxões de cabelo. Depois de bater nela, o agressor a arrastou até um outro cômodo da casa, onde guarda as armas de fogo dele.

A testemunha conta que tentou apartar a briga, mas foi impedida e ameaçada pelo homem. Neste momento, ela foi para o quintal da casa buscar ajuda. De lá, ouviu os tiros da arma de fogo.

Ao retornar para a casa, a vítima sangrava e pedia ajuda. A testemunha disse que chamou alguns familiares que acionaram a PM. No local, os policiais fizeram buscas e apreenderam:

 

  • Dois estojos deflagrados na área;
  • Três estojos na cozinha;
  • Um estojo no quarto;
  • Um estojo no corredor de calibre 16;
  • Um rifle foi encontrado no quarto onde ocorreu um dos disparos;
  • Uma espingarda, que estava na pia da cozinha;
  • Duas facas, uma delas com sangue.

 

Diante das informações e fatos, foi dado voz de prisão ao policial civil aposentado, que foi apresentado na Central de Flagrantes. Na delegacia, na presença do advogado, o suspeito não falou e reservou-se a permanecer em silêncio para manifestar apenas em juízo.

 

Situação de saúde

 

Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) socorreu a vítima, em estado grave, até o Hospital João Paulo II, onde ela foi direto para sala de cirurgia.

Até a conclusão do registro da delegacia, ela estava com vida, mas até o momento, não se sabe o estado de saúde da vítima. Fonte: G1

Gazeta Rondônia Publicidade 790x90


Notícias Relacionadas »
Comentários »