28/02/2021 às 20h14min - Atualizada em 28/02/2021 às 20h14min

Sargento da Polícia Ambiental atirou em mulher e em seguida se matou

Mulher sobreviveu e não corre risco de morte

Gazeta Rondônia
Um sargento da Polícia Ambiental, comandante do posto de Campo Mourão, atirou contra uma mulher e em seguida tirou a própria vida no fim da tarde deste sábado (27) em Mamborê, interior do Paraná. Ainda não há informações confirmadas sobre a ligação entre os dois.

Conforme informações apuradas, o sargento teria ido a casa da mulher, que é proprietária de um salão de beleza. Ele teria arrombado a porta da casa dela e a agredido brutalmente. Em seguida sacou sua arma e atirou nas mãos e pés da vítima. Posteriormente tirou a própria vida.
 
Relatos repassados, por fontes próximas à vítima, dão conta de que ela sofreu ferimentos principalmente no rosto, causados por socos desferidos pelo policial. Toda a situação teria ocorrido após o fim de um relacionamento entre os dois, o que desagradou o sargento. A mulher já teria, inclusive, pedido proteção à Justiça.

A Polícia Militar foi acionada e esteve no local, onde isolou a cena do crime até a chegada da Polícia Civil para colher informações. A mulher, vítima das agressões, foi socorrida e encaminhada a um hospital de Campo Mourão, sem risco de morte.

O policial deixou a esposa e uma filha ainda de colo. A vítima também tem dois filhos. O Instituto Médico Legal (IML) de Campo Mourão foi acionado para recolher o corpo. Fonte: Metrópoles.
 
 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você é a favor da volta às aulas presenciais no estado de Rondônia em agosto

21.1%
74.9%
4.0%