16/11/2022 às 16h38min - Atualizada em 16/11/2022 às 16h38min

Menino de 6 anos desenha abusador após ser estuprado na loja do pai por funcionário

Gazeta Rondônia

Gazeta Rondônia Publicidade 790x90

Um menino de 6 anos foi vítima de estupro de vulnerável por funcionário da loja em que o pai é proprietário, em Campo Grande (MS). O caso foi levado ao Conselho Tutelar e também para a Polícia Civil e é investigado.

A mãe da vítima contou ao Midiamax que a guarda do menino era do pai, com quem ela foi casada por 8 anos. No entanto, há dois anos eles se separaram e a mulher tem medida protetiva contra ele, por situação de violência doméstica.

Recentemente o pai teria pedido para a ex-mulher ficar com o filho, porque passava por problemas pessoais e não conseguia mais cuidar da criança. Enquanto estava aos cuidados da mãe, desde abril deste ano, o menino teria pedido para visitar o pai.

Em outubro deste ano, o menino foi passar o dia no comércio do pai. Foi quando ocorreu o estupro de vulnerável, cometido por um funcionário da loja. A criança chegou a contar ao pai, que não teria acreditado na história.

Após voltar para a casa da mãe, o menino relatou o abuso. A mãe procurou a Polícia Civil e o Conselho Tutelar também foi acionado, para garantir a guarda da criança para a mulher.

Desenhou o abuso

O menino já fazia tratamento com psicólogo e, em laudo, foi revelado que ele desenhou o suposto autor do estupro em posição de abuso. O fato foi também encaminhado para a Depca (Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente), onde o caso foi registrado.

A mãe revelou que o menino ficou muito abalado com o ocorrido e que não foi mais visitar o pai. A mulher teme que algo possa acontecer novamente com a criança e o caso está em investigação.

Ainda não há informação sobre a identificação do autor do crime ou se ele já foi ouvido pela polícia. Fonte: MídiaMax.

Gazeta Rondônia Publicidade 790x90


Notícias Relacionadas »
Comentários »