19/11/2022 às 17h23min - Atualizada em 19/11/2022 às 17h23min

Em Cerejeiras, sitiante registra queixa na polícia após ser ameaçado por manifestantes que bloqueiam a BR 435

Denunciante informou que também vai procurar o Ministério Público

Gazeta Rondônia

Gazeta Rondônia Publicidade 790x90

Após registrar queixa na Delegacia de Polícia Civil de Cerejeiras contra manifestantes que o ameaçaram na saída da cidade, o agricultor Teófilo Santana da Silva, de 58 anos, entrou em contato com a equipe de reportagem para dar mais detalhes do caso, que aconteceu pouco depois das 14:00h deste sábado, 19.
 
Téofilo, que tem sítios em Chupinguaia e Cerejeiras, e cuja família mora na cidade desde 1978, trafegava pela BR 435 com sua moto, quando foi parado nas proximidades do secador da Amaggi, onde manifestantes que protestam contra o resultado da eleição presidencial estão concentrados.

 
Orientado a aguardar na fila, o produtor rural tirou o celular do bolso e filmou o protesto. Quando chegou a vez dele prosseguir, alguns manifestantes o cercaram e tomaram, além do celular, a chave da moto que ele conduzia. “Eles disseram que se eu não entregasse o celular, não poderia passar”, conta o denunciante.
 
Após apagarem a filmagem, os acusados devolveram o aparelho, mas segundo Teófilo, dispararam vários xingamentos contra ele, como “safado, bandido, ladrão e vagabundo”. Também fizeram uma ameaça velada, dizendo que o pioneiro não deveria mais passar por ali.
 
Teófilo retornou à cidade através de um atalho, ao longo do qual encontrou madeiras tentando bloquear a passagem de carros e motos. Além de registrar o caso na polícia, ele também irá apresentar denúncia no Ministério Público de Cerejeiras, pois diz conhecer muitos dos que estão participando do bloqueio da BR 435.

Fonte: Folha do Sul.

Gazeta Rondônia Publicidade 790x90


Notícias Relacionadas »
Comentários »