Gazeta Rondônia Publicidade 728x90
11/02/2023 às 15h03min - Atualizada em 11/02/2023 às 15h03min

Em Cerejeiras, moradora recebe ligação de ‘falsos sequestradores’ e faz alerta a população

Gazeta Rondônia

Gazeta Rondônia Publicidade 790x90

Um moradora do município de Cerejeiras (RO), que não será identificada, recebeu ligação telefônica na madrugada deste sábado (11), informando que uma das filhas havia sido sequestrada e os falsos sequestradores exigiam um resgate em dinheiro para liberar a suposta filha.
 
“A pressão psicológica é muito forte, eles apelam e mexem como nosso emocional, colocaram uma voz feminina no fundo dizendo: Mãe, invadiram a casa, me pegaram, estou dentro de um carro com pessoas estranhas, eles vão me matar, faça alguma coisa mãe”. Disse.

A ligação ocorreu por volta de 1h35min da madrugada deste sábado e os criminosos falavam a todo tempo que iriam matar a filha da vítima.
 
“Vou estourar os miolos dela, se não me pagarem vou acabar com ela, eu quero dinheiro ou ela vai morrer”. Berrava o criminoso durante a ligação.

O estado de angústia e nervosismo foi tão grande que não deu tempo de falar em valores de resgate, o marido da vítima estava em casa e mesmo desesperado conseguiu ligar para as duas filhas, já casadas, mas que moram também em Cerejeiras e após falar com elas, que estavam em suas casas e dormindo, percebeu que se tratava de uma tentativa de golpe.
 
“Foi muito desesperador, ainda estou em choque, por isso faço esse alerta a toda população, ao receber esse tipo de ligação, mantenham a calma e busque contato com o suposto sequestrado e não façam nenhuma transferência bancária ou Pix antes de comunicar a polícia. Finalizou.
 
Polícia Militar faz alerta
 
Em nota, a polícia militar afirma que a “a população deve ficar sempre alerta, pois quando se registram casos como estes em uma cidade, várias outras pessoas também recebem esse tipo de ligação”.

A dica é que a vítima mantenha calma, tente ligar para a suposta pessoa sequestrada e avise imediatamente a Polícia Militar pedindo ajuda. Além disso, orienta também que os familiares sempre mantenham o celular ligado e informando onde está e o horário que vai chegar.

Fonte: Gazeta Rondônia.

Gazeta Rondônia Publicidade 790x90


Notícias Relacionadas »
Comentários »