Gazeta Rondônia Publicidade 728x90
11/02/2023 às 16h12min - Atualizada em 11/02/2023 às 16h12min

Policial Penal Cerejeirense, em tratamento médico, agradece ajuda financeira recebida

Gazeta Rondônia

Gazeta Rondônia Publicidade 790x90

Desde o início do mês de janeiro de 2023 o Policial Penal Donizetti Ramos Pereira, 40 anos, lotado na cadeia pública do município de Cerejeiras (RO) não vinha se sentindo bem do intestino, com certa dificuldade em fazer suas necessidades fisiológicas, procurou atendimento médico e na madrugada do dia 15 de janeiro foi encaminhado para o hospital Heuro no município de Cacoal, contudo, o médico que o atendeu, prescreveu óleo mineral e disse que naquele hospital era somente casos de “facada, tiro e bomba” e que seu problema resolveria em casa, dando alta e o mandando embora.

Após dois dias em casa seu quadro se agravou e não conseguia evacuar de forma alguma, além de não conseguir se alimentar.

Diante do quadro em que se encontrava tentou marcar consulta com os médicos especialistas em gastroenterologia, mas nem nas clínicas particulares conseguiu vagas imediatas, vindo a conseguir somente em um hospital particular em Cacoal para onde se dirigiu imediatamente, após fazer alguns exames o médico que o atendeu foi enfático em dizer que seu problema seria câncer no intestino ou doença de Crohn e que teria que ficar internado devido a gravidade da inflamação detectada em seu intestino.

Ocorre que os gastos em um hospital desses são elevadíssimos, “desesperado” fez contato com amigos pedindo que tentassem vender um imóvel que tem em seu nome, no entanto seus amigos pediram calma e disseram que iriam ver o que poderiam fazer, e pediram que ele ficasse internado, e assim o fez, permanecendo do dia 19/01/2023 ao dia 24/01/2023 em estabelecimento particular de saúde.

De pronto seus amigos e parentes difundiram a notícia de seu quadro de saúde pedindo contribuição e mandaram fazer 1000 números de uma rifa, no valor de 20 reais cada, em que os prêmios seriam; 1º lugar uma novilha, 2º lugar uma leitoa (doados por seu sogro) e 3º lugar uma cesta (doada pela empresa Tele mensagem Emoções).
 
O sucesso da Rifa foi tão grande que em cinco dias todos os bilhetes haviam sido vendidos e o sorteio que seria realizado no dia 04/03/2023 foi antecipado para o dia 04/02/2023 com transmissão ao vivo pelo Instagram: @eguinaldolanesss (vídeo disponível), o sorteio foi realizado pelo funcionário da prefeitura de Cerejeiras, Sebastião Sampaio e contou com a participação da advogada Luciana Baraba, pastor Carlos Henrique Sheneider da igreja Luterana, o Sargento do Corpo de Bombeiros Jorge Amorim e do diretor geral da Cadeia Pública de Cerejeiras, Policial Penal Marcio José Pacheco.

Os ganhadores das rifas foram; Casa do Pescado da cidade de Colorado do Oeste que levou o primeiro prêmio com número 068. O segundo prêmio ficou com Vitória Justem de Cerejeiras com o número 326 e terceiro prêmio foi para Geraldo Junior de Vilhena com número 678.

Com os valores angariados com a vendas das rifas e doações foi possível cobrir todas as despesas hospitalares e remédios que passaram de 29 mil reais.

 
“Meus sinceros agradecimentos a todos que contribuíram nesse momento especial, já estou em casa em recuperação, não vou citar nomes para não ser injusto, mas quero expressar minha gratidão a Deus, familiares, meus colegas de farda, amigos, irmãos de igreja, enfim, todos que colaboram com transferências bancárias via Pix, adquiriram a rifa ou que oraram em meu favor, minha eterna gratidão”, Agradeceu Donizetti.

Nesta quinta-feira 09/02/2023 Donizetti voltou ao médico para pegar o resultado da biopsia que havia feito, sendo constatado que realmente se trata da doença de Crohn.
 
“O tratamento dessa doença tem um custo estimado de R$ 10 mil reais por mês com medicamentos injetáveis e comprimidos, vou buscar o auxílio do Estado para esse tratamento, pois não terei condições de arcar com essa despesa”. Finalizou Pereira.
 
O que é a doença de Crohn?
 
A Doença de Crohn é uma doença inflamatória do trato gastrointestinal. Ela afeta predominantemente a parte inferior do intestino delgado (íleo) e intestino grosso (cólon), mas pode afetar qualquer parte do trato gastrointestinal.

A doença de Crohn é crônica e provavelmente provocada por desregulação do sistema imunológico, ou seja, do sistema de defesa do organismo.

Sintomas: a doença de Crohn habitualmente causa cólica abdominal, frequentemente febre e, às vezes, sangramento retal. Também podem ocorrer perda de apetite e perda de peso subsequente, podendo haver também dores articulares e lesões na pele. Na Doença de Crohn a dor abdominal frequentemente surge após as refeições. São comuns dores nas juntas, falta de apetite, perda de peso e febre. Outros sintomas precoces da doença de Crohn são lesões da região anal, incluindo hemorroidas, fissuras, fístulas e abscessos.

Diagnóstico: o diagnóstico da Doença de Crohn é feito, basicamente, por meio de exames de imagem (raio X, endoscopias) e exames de sangue.

Tratamento: o tratamento deve ser feito em etapas. Existe um sistema de mensuração da atividade da doença baseado no número de evacuações, dor abdominal, indisposição geral, ocorrência de fístulas e de manifestações patológicas à distância, que permite classificar a doença em leve, moderada ou grave. Se a doença é leve, o clínico apenas acompanha a evolução do paciente.

Toda a terapêutica, porém, se volta para reprimir o processo inflamatório desregulado. Os medicamentos disponíveis atualmente reduzem a inflamação e controlam os sintomas, mas não curam a doença.

Fonte: Gazeta Rondônia.

Gazeta Rondônia Publicidade 790x90


Notícias Relacionadas »
Comentários »