Gazeta Rondônia Publicidade 728x90
26/02/2023 às 16h48min - Atualizada em 26/02/2023 às 16h48min

Menina de 6 anos é sequestrada, estuprada e morta

Gazeta Rondônia

Gazeta Rondônia Publicidade 790x90

Sophia, de apenas 6 anos, foi morta estrangulada após ser estuprada e sequestrada por um vizinho, de 18 anos, em Douradina (MS). O corpo da vítima foi encontrado, neste sábado (25), na área rural da cidade. À polícia, o suspeito confessou o crime e foi preso em flagrante.

O delegado responsável pelo caso, Mateus Rocha Rodrigues Alves, esclareceu que o suspeito foi preso após várias testemunhas apontá-lo como a última pessoa ser vista na região onde Sophia morava. A menina morava com a tia.

Conforme as investigações, a polícia chegou ao suspeito após a denúncia do sequestro de Sophia e um furto de uma motocicleta na região onde a menina morava. Para os policiais, a responsável pela criança apontou o vizinho como possível suspeito.

 

"Conversamos com a tia da menina. Ela disse que o vizinho seria o suspeito de sequestrar a sobrinha, já que testemunhas disseram que ele foi o único visto na rua no momento em que a menina sumiu", relatou o delegado adjunto da Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário de Dourados (Depac), onde o caso foi registrado.

 

Após os primeiros relatos, a polícia saiu em busca da menina e do suspeito. Era por volta das 1h deste sábado, quando os oficiais avistaram o rapaz saindo de uma área de vegetação. Questionado, o suspeito respondeu que estava "brincando de esconde-esconde com amigos", comentou o delegado.

Foi então que o rapaz foi levado na situação de suspeito para a Depac de Dourados, cidade vizinha à Douradina. Na delegacia, o jovem, de 18 anos, confessou o furto da moto, o sequestro, estupro e assassinato de Sophia.

 

"O rapaz roubou a moto. Depois, ao voltar para casa, vu a criança na calçada, a pegou no colo e a levou para uma plantação de soja. Lá amarrou a menina com as mãos para trás, abusou dela sexualmente e depois, com as roupas da menina a enforcou até que ela ficasse inconsciente", diz o delegado.

 

O corpo de Sophia passa por exame necroscópico para para comprovar as agressões e a violência sexual. O suspeito, conforme a policia, deverá responder por homicídio qualificado, estupro de vulnerável e roubo.

 

Luto

 

Nas redes sociais, a escola onde Sophia estudava publicou uma foto da menina e externaram luto.

 

"A escola lamenta profundamente a morte da nossa ex-aluna Sophia. Estamos sem palavras! Que Deus conforte a família", escreveram na postagem.
​Fonte: G1

Gazeta Rondônia Publicidade 790x90


Notícias Relacionadas »
Comentários »