24/03/2021 às 10h26min - Atualizada em 24/03/2021 às 10h26min

'Futebol Sem Barreiras' promove inclusão e diversidade no Cariocão

Movimento tem foco em ações sociais e no combate ao racismo, homofobia, violência contra a mulher e meio ambiente

Gazeta Rondônia

Campeonato estadual mais charmoso do Brasil, o Cariocão acaba de marcar um golaço. O torneio está promovendo o "Futebol Sem Barreiras", movimento voltado à promoção de ações de inclusão e diversidade no futebol, com foco em ações sociais e no combate ao racismo, homofobia, violência contra a mulher e meio ambiente.

Trata-se de uma ação inovadora criada pela Sportsview (agência parceira da Ferj), Leiaute Propaganda e Cura e Cultura e (agência especializada em campanhas de engajamento social), com o apoio da Federação, que terá o Cariocão como impulsionador.

A ideia é conectar o torcedor com as causas sociais, aproveitando o potencial do Futebol como elemento popular e transformador da sociedade.
 

O coordenador das ações é Tiago Cesar, responsável pelo programa de Inclusão e Diversidade do Esporte Clube Bahia, considerado referência internacional em posicionamento social do Futebol Brasileiro.

"O Futebol Sem Barreiras é uma ação de três pilares: Spotsview, Cura e Cultura e Leiaute. No Cariocão, atuamos em conjunto com a Ferj. O movimento é a defesa da sociedade associado ao futebol, com intervenções e campanhas de engajamento social. É ter o futebol como agente transformador de opinião, conectando seu público, seus torcedores, com essas causas. Acreditamos que as soluções sociais vêm através da união, e o futebol tem esse poder.

A gente luta por um futebol melhor, agregador, não segregador. No Brasil e no mundo, o futebol é uma manifestação cultural de poder gigantesco, e nossa ideia é fazer do futebol carioca e brasileiro defensor dos interesses da sociedade. Existe uma frase que explica bem o que é o Futebol Sem Barreiras: o povo ama o futebol, está na hora do futebol amar o povo defendendo seus interesses"

Fernando Ferreira, sócio-diretor da Sportsview, também se mostrou empolgado com o projeto: "Estamos trabalhando para transformar o Cariocão em uma plataforma cada vez mais ampla e inclusiva de conexão com o público, e isso só é possível se incluirmos o aspecto social, aproveitando da visibilidade do futebol para chamar a atenção do público para causas de interesse da Sociedade."

elos lados da Ferj, o ponto de destaque é a inclusão: "O poder de inclusão do futebol é imenso, e não pode ser desprezado. O objetivo é dar luz àqueles que, por algum motivo, estão no escuro do esquecimento. É colocá-los no foco para despertar a atenção da sociedade", concluiu Leonardo Ferraz, diretor de marketing da entidade. Fonte R7


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »