Gazeta Rondônia Publicidade 728x90
12/01/2024 às 19h17min - Atualizada em 12/01/2024 às 19h17min

Revista produzida por produtores culturais do interior de Rondônia recebe honraria nacional ao vencer o Prêmio Rodrigo 2023

A Revista Memórias e Histórias da Comunidade Quilombola de Pimenteiras do Oeste recebeu o Prêmio Rodrigo Melo Franco de Andrade do IPHAN

Gazeta Rondônia

Gazeta Rondônia Publicidade 790x90

No cenário cultural do interior de Rondônia, uma conquista brilha com destaque nacional: a "Revista Memórias e Histórias da Comunidade Quilombola de Pimenteiras do Oeste" que recebeu honraria no renomado Prêmio Rodrigo Melo Franco de Andrade, promovido pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN).

A iniciativa, liderada pelos produtores culturais do interior de Rondônia e membros do Ponto de Cultura, Memória e Leitura Associação Cultural, Educação, Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, Diversidade Amazônica (ACEMDA), foi coordenada pela produtora cultural Izabel Mendes. O projeto contou ainda com a colaboração das jornalistas Andréia Machado e Queitiane Rodrigues, do fotógrafo Washington Kuipers e do sociólogo Marcio Guilhermon.

A revista teve como propósito documentar e valorizar a rica cultura dos remanescentes quilombolas de Santa Cruz, localizada em Pimenteiras do Oeste. Numa competição acirrada, a obra destacou-se entre 374 inscrições, conquistando seu lugar entre as 15 ações vencedoras na etapa nacional do Prêmio Rodrigo 2023.

Izabel Mendes, remanescente quilombola de Santa Cruz, expressou sua satisfação com o reconhecimento nacional, destacando o compromisso do projeto com a valorização do conhecimento e da história local. O projeto da revista foi contemplado no Edital Nº 37/2021/SEJUCEL-CODEC 2ª Edição, Povos Tradicionais Premiação para Difusão Cultural dos Povos Tradicionais Indígenas e Quilombolas, com recursos do "Governo do Estado de Rondônia/SEJUCEL/FEDEC/RO" e Lei Federal 14.017/2020 (Lei Aldir Blanc), do Governo Federal.


 
"Estamos muito felizes com o reconhecimento nacional do trabalho realizado  no interior de Rondônia, é uma honra receber o Prêmio Rodrigo 2023", disse Izabel Mendes.

A revista, intitulada "Memórias e Histórias da Comunidade Quilombola de Pimenteiras do Oeste," não apenas documenta tradições, conhecimentos e experiências da população local, mas também assegura a transmissão desses saberes para as futuras gerações, evitando o esquecimento e preservando elementos culturais. Ao romper com estereótipos e preconceitos, a comunidade quilombola de Pimenteiras do Oeste assume sua própria narrativa.

A 36ª edição do Prêmio Rodrigo, promovido pelo Iphan, homenageia os "20 anos da Lei nº 10.639/2003: Educação Democracia e Igualdade Racial". O nome do prêmio é uma reverência a Rodrigo Melo Franco de Andrade, figura fundamental na consolidação jurídica do Patrimônio Cultural no Brasil, presidindo o Sphan, atual Iphan, por 30 anos.

A vitória da "Memórias e Histórias da Comunidade Quilombola de Pimenteiras do Oeste"  representa não apenas um reconhecimento, mas um tributo à preservação da rica herança cultural brasileira. A comunidade de quilombola de Santa Cruz  é certificada pela Fundação Cultural Palmares como remanescente de quilombos desde 2015, celebra este feito que destaca a importância de manter viva a história e a cultura tradicional.


 
Texto e Fotos: Assessoria
 

Gazeta Rondônia Publicidade 790x90


Notícias Relacionadas »
Comentários »