05/02/2024 às 22h42min - Atualizada em 05/02/2024 às 22h42min

​Homem invade subestação de energia para furtar fios, causa explosão e morre carbonizado

Gazeta Rondônia

Gazeta Rondônia Publicidade 790x90

A Polícia Civil confirmou, na tarde desta segunda-feira (5), que o homem que morreu eletrocutado em uma subestação de energia elétrica após receber descarga de 130 mil kilovolts invadiu o local para furtar fios. A invasão ocorreu na madrugada desta segunda-feira (05). As investigações apontam que o suspeito invadiu o local depois de fazer um buraco na cerca de segurança.

O caso foi registrado na unidade de energia da Vila Progresso, próximo ao Estádio Morenão, em Campo Grande (MS). Conforme a Polícia Civil, o homem morreu carbonizado no pé dos alimentadores de 13.800 volts. A Perícia Técnica esteve no local, mas ainda não foi possível a identificação do invasor.


A Polícia informou que o caso é investigado como furto qualificado com destruição ou rompimento de obstáculo, na forma tentada; morte a esclarecer e dano qualificado, se o crime cometido contra o patrimônio da união, Estado, Município, Empresa Concessionária de serviços públicos.

Durante a tentativa de furto, houve um curto-circuito na rede e o homem morreu eletrocutado. A explosão foi vista de longe por moradores da região.

Uma densa fumaça também foi observada e registrada durante a madrugada.

Clique aqui para seguir o canal do Portal Gazeta Rondônia no WhatsApp

Tentativa de furto causou apagão em bairros

A informação sobre a invasão seguida do curto-circuito foi confirmada pela concessionária de Energia. Segundo o diretor de operações da Energisa, Helier Fioravante, a subestação é responsável por 10% de cargas da cidade. Apesar de cercado com grades, ter placas de aviso de risco e ser monitorado, a concessionária identificou a invasão e, logo, o curto-circuito.

A explosão deixou cerca de 40 mil imóveis sem luz em Campo Grande na manhã desta segunda-feira. O diretor de operações da Energisa, Helier Fioravante, afirma que todos os clientes tiveram a energia restabelecida por volta das 6h30 e não há chance de nova queda de energia. “Temos backups e estações móveis para esse tipo de situação”, afirma.

A concessionária também informou que houve interrupção de energia na região, sendo totalmente restabelecida às 6h36 desta manhã. A empresa também afirmou que vai investigar o caso.

Morte

A identificação do corpo será investigada pela Polícia Civil. A perícia compareceu ao local.

Receba as principais notícias do Gazeta Rondônia com exclusividade no WhatsAppTelegramFacebook ou Instagram e fique por dentro de tudo!
 
Fonte: MídiaMaxUol - Foto: Alicce Rodrigues.

Gazeta Rondônia Publicidade 790x90


Notícias Relacionadas »
Comentários »