20/08/2021 às 21h19min - Atualizada em 20/08/2021 às 21h19min

IFRO Ariquemes recepciona a estudantes do Curso de Corte e Costura

Gazeta Rondônia

O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia (IFRO), Campus Ariquemes, realizou a Aula Inaugural do Curso de Formação Inicial (FIC) em Corte e Costura. A formação faz parte do Projeto de Extensão “Costurando Laços para o Empoderamento Feminino”, selecionado pelo Edital 3/2021 da Pró-Reitoria de Extensão (Proex/IFRO), do Programa Laços.

O evento foi no sábado, dia 14 de agosto, com as 30 mulheres cursistas. Elas são atendidas pelas instituições parceiras do projeto, a Casa Noeli e o Projeto Florescer, que atuam no amparo a vítimas de violência doméstica. As aulas acontecerão de maneira híbrida, com parte das atividades realizadas de modo virtual e outra parte presencial (seguindo todos os protocolos de biossegurança). Como medida de prevenção à covid-19, todas as participantes, no ato da inscrição, confirmaram o recebimento de, pelo menos, a 1ª dose da vacina.

A Aula Inaugural contou com a presença e as falas da Chefe do Departamento de Extensão (Depex) do IFRO Campus Ariquemes, Agna Maria de Souza Coelho; da Coordenadora de Cursos de Formação Inicial e Continuada, Andrirlei Santos de Sousa; da Coordenadora do Curso de Formação Inicial em Corte e Costura, Vanessa Fronza; da Coordenadora da Casa Noeli, Elineide Ferreira Oliveira; e da Coordenadora do Projeto Florescer, Catiane Malta Soares Xavier.

Participam também do projeto os docentes Francisco Magalhães de Lima e Alessandra Santos Nascimento e a Psicóloga Geisiane de Souza Ferreira, além de outros servidores, colaboradores e estudantes do Campus Ariquemes.

O objetivo do curso é qualificar profissionais para a atuação na área, incentivar o empreendedorismo na região e promover uma transformação na vida das mulheres selecionadas por meio de uma formação humana e integrada, que visa à autonomia, independência financeira, melhoria da autoestima, desenvolvimento das habilidades, noções de direitos da mulher e de combate à violência, entre outros aspectos relacionados ao empoderamento feminino.

Segundo a equipe organizadora, a oferta do curso estreita a relação comunidade-escola, proporcionando oportunidades educacionais e profissionais, além de incentivar a autoestima, a qualificação, a independência financeira, entre outros aspectos que se relacionam ao empoderamento feminino, e, concomitantemente, movimentando a economia local e o mercado de trabalho atuante na área. A expectativa é que sejam ofertados futuramente outros cursos de formação inicial e continuada na área de corte e costura, a fim de ampliar o número de pessoas atendidas pelo projeto.

A Chefe do Departamento de Extensão (Depex) do Campus Ariquemes, Agna Coelho, salienta o quanto essa ação vai trazer benefícios para essas mulheres que precisam de autonomia financeira, bem como de um resgate de suas potencialidades. Para a Coordenadora do Curso de Formação Inicial em Corte e Costura, Vanessa Fronza, além de ofertar qualificação profissional e aprendizado da técnica, as disciplinas do curso estimulam a busca por direitos e autonomia, enfatizando a importância da luta pela igualdade de gênero.








Fonte: ASCOM


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você desenvolveu algum transtorno relacionado à saúde mental durante a pandemia?

40.6%
2.9%
5.8%
11.6%
39.1%
Fale Conosco!
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp