04/01/2022 às 18h42min - Atualizada em 04/01/2022 às 18h42min

Militar morre após ser atacado por veado

Gazeta Rondônia

Um militar morreu após ser atacado por um veado quando fazia a segurança da residência presidencial do Paraguai, disseram as autoridades do país nesta terça-feira (4).

O sargento Víctor Isasi, de 42 anos, morreu na segunda (3) em consequência de "ferimentos perfurantes" causados pelos chifres do animal, informou um comunicado das Forças Armadas.

O veado, que vivia nos jardins do local, foi doado à residência presidencial, disse à imprensa local o diretor de Vida Selvagem do Ministério do Meio Ambiente, Frederick Bauer.

O porta-voz militar Víctor Urdapilleta disse à Reuters que câmeras de circuito fechado capturaram o momento em que o soldado se aproximou do veado e foi atacado.

Ele foi declarado morto em um hospital militar.

Urdapilleta disse não haver histórico de ataques semelhantes por animais mantidos rotineiramente na residência presidencial, que incluíram avestruzes e pôneis, em administrações anteriores. Fonte: G1

 
 

Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale Conosco!
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp