25/10/2022 às 17h41min - Atualizada em 25/10/2022 às 17h41min

​PGR pretende internar ex-deputado Roberto Jefferson em um hospital psiquiátrico

Gazeta Rondônia

Gazeta Rondônia Publicidade 790x90

A PGR (Procuradoria-Geral da República) quer que o ex-deputado Roberto Jefferson, que atacou policiais federais que foram até a casa dele cumprir um mandado de prisão, seja transferido para um hospital psiquiátrico. Jefferson passou por audiência de custódia na segunda-feira (24), conduzida por um juiz auxiliar do STF (Supremo Tribunal Federal).

Durante a audiência, Jefferson atacou o ministro Alexandre de Moraes, que determinou a prisão, dizendo que o magistrado "é incompetente". Ele também voltou a ofender a ministra Cármen Lúcia, comparando-a com garotas de programa.


Ao ser chamado para se manifestar, o representante da PGR confirmou que o órgão está em tratativas para enviar o parlamentar a uma unidade psiquiátrica. "A PGR participa desde a data de ontem de tratativas com autoridades judiciais e da Polícia Federal para o encaminhamento do custodiado para hospital psiquiátrico e apreensão das armas de fogo", destaca o texto.

Durante o depoimento, o ex-parlamentar negou a vontade de ser transferido para o hospital. "Estou sendo massacrado, e agora ouço a pérola da PGR para me mandar para o hospital psiquiátrico. Tem gente no Judiciário que precisa ir para o manicômio", destacou. Jefferson está detido no presídio de Benfica, no Rio de Janeiro, e cumpre prisões preventiva e em flagrante. Fonte: R7.

Gazeta Rondônia Publicidade 790x90


Notícias Relacionadas »
Comentários »