11/03/2021 às 20h14min - Atualizada em 11/03/2021 às 20h14min

Vigilante morre com suspeita de Covid-19 em calçada e corpo é embalado e deixado no local

Antônio Onofre de Arruda Moreno, de 61 anos, trabalhava como vigilante em um restaurante e morreu na frente do estabelecimento

Gazeta Rondônia

Um vigilante morreu na calçada de um restaurante onde trabalhava no Bairro Alvorada, em Cuiabá, nesta quinta-feira (11). Antônio Onofre de Arruda Moreno, de 61 anos, estava com suspeita de Covid-19.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) esteve no local e, segundo testemunhas, a equipe embalou o corpo e deixou na calçada. Tempo depois, a família foi comunicada da morte por meio da polícia e foi até o local para fazer os procedimentos de retirada do corpo junto a funerária.

O Samu, por meio da Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT), informou que o procedimento tomado pela equipe é padrão. De acordo com a secretaria, o corpo ficou sob a guarda da polícia até a chegada da empresa funerária para a retirada do corpo.

Segundo uma sobrinha da vítima, que não quis ter a identidade divulgada, Antônio comentou com a família, nesta semana, que estava sentindo dores no peito, mas preferiu não ir ao hospital. Conforme o boletim registrado pela Polícia Militar, o idoso estava com uma sacola de medicamentos para tratamento da Covid-19. O Samu constatou a morte dele ainda no local e também registrou a morte por suspeita da doença.

No entanto, a família contou que Antônio tinha outros problemas de saúde, como diabetes, depressão e problemas no coração, por isso, eles suspeitam que o idoso também possa ter sofrido um ataque cardíaco.

“Não sabemos se ele procurou o hospital. Ele não nos disse nada antes, ainda estamos procurando saber”, disse ao G1. A sobrinha de Antônio contou ainda que o pai dela havia entregado um remédio para o tio que servia para o tratamento de Covid, “como forma de prevenção”, porque ele havia reclamado de dores no peito.

Pelo que ela sabe, o tio não chegou a fazer exames para Covid-19 e fazia a prevenção da doença por conta própria.

O corpo foi levado para o Serviço de Verificação de Óbitos (SVO) de Cuiabá para exames, que devem apontar as causas da morte. O enterro está previsto para a manhã dessa sexta-feira (12). Fonte G1


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você desenvolveu algum transtorno relacionado à saúde mental durante a pandemia?

35.1%
4.9%
8.1%
8.6%
43.2%
Fale Conosco!
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp