08/03/2023 às 10h19min - Atualizada em 08/03/2023 às 10h19min

Rondônia tem criminosos envolvidos na fraude que desviou mais de R$ 50 milhões do Auxílio Emergencial em 12 estados

Gazeta Rondônia

Gazeta Rondônia Publicidade 790x90

Infelizmente, mais uma vez Rondônia está no meio do rolo e recebe, como ocorre quase toda a semana, mais uma visita dos policiais federais. A PF está investigando o desvio de mais de 50 milhões de reais contra fraudes no Auxílio Emergencial de 600 reais, aquele que o governo Bolsonaro deu durante a pandemia e até o final de 2022.
 
Os golpistas criaram mais de 10 mil contas fraudulentas, para colocarem a mão nesta verdadeira fortuna, que deveria beneficiar os mais pobres brasileiros. Os mandados de busca e apreensão e de prisão, foram expedidos pela 9ª Vara Federal de Campinas e estão sendo cumpridos em Rondônia, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Paraná, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, São Paulo, Tocantins e no DF. 

 
Foi autorizado o bloqueio de bens e valores encontrados em nome dos investigados. Aqui no Estado, a fraude foi praticada em Porto Velho, Ariquemes e Machadinho do Oeste, segundo as investigações ao todo, 37 envolvidos na operação estão sendo investigados pelos crimes de furto mediante fraude, estelionato e organização criminosa.
 
Claro que se fosse num país sério, onde as leis funcionam para punir gente canalha deste tipo, as penas poderiam chegar a até 22 anos de prisão. Mas por aqui já se sabe: a polícia investiga, prende, denuncia e o Judiciário é obrigado a cumprir leis que protegem a bandidagem. Contudo, ao menos a PF estão funcionando bem neste Brasil confuso.

Fonte: Sérgio Pires.

Gazeta Rondônia Publicidade 790x90


Notícias Relacionadas »
Comentários »