12/03/2021 às 22h47min - Atualizada em 12/03/2021 às 22h47min

Cantor sertanejo morre de Covid após ficar 7 dias intubado

Gazeta Rondônia

O cantor sertanejo Paulo Sérgio morreu na manhã desta sexta-feira (12) de Covid-19, em um hospital de Campo Grande, após ficar 7 dias intubado em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Segundo o cantor Santhiago, que fazia dupla com Paulo, o artista estava internado há 8 dias e a uma semana precisou ser intubado por conta do agravo da doença.

Ainda de acordo com Santhiago, o parceiro de palco havia melhorado nos últimos dias, mas na manhã desta sexta, ele teve três paradas cardiorrespiratórias e não resistiu.

Em uma rede social, Santhiago lamentou a morte do artista, que para ele, era muito mais do que companheiro de palco, era um amigo de vida:

Paulo Sérgio e Santiago estão juntos há 11 anos e no cenário artístico, a dupla é conhecida por investir no sertanejo raiz. Por conta da qualidade da afinação, os dois sempre são comparados com a dupla Chrystian & Ralf.

O artista que também fez dupla com Marco Aurélio, se destacou nos palcos desde 1995 e fez história no cenário regional. O primeiro disco foi gravado em 1997, com as músicas "Escuta", "Deusa Menina" e "Deita No Meu Colo".

Mas o fim da dupla Marco Aurélio e Paulo Sérgio, foi anunciado pelos próprios cantores em setembro de 2012, por decisão em conjunto. Nos anos em que estiveram separados, os dois continuaram se dedicando à música, mas em projetos paralelos.

Marco Aurélio seguiu compondo músicas e emplacando sucessos gravados por artistas como Luan Santana, Gustavo Lima, Munhoz e Mariano. Já Paulo Sérgio se dedicou como empresário de outras duplas também sertanejas e continuou cantando. Fonte G1

 

Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você desenvolveu algum transtorno relacionado à saúde mental durante a pandemia?

35.0%
5.0%
7.8%
8.9%
43.3%
Fale Conosco!
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp