29/04/2021 às 17h38min - Atualizada em 29/04/2021 às 17h38min

Taxistas e mototaxistas fazem cortejo e manifestação por causa de colega morto em Porto Velho

Gazeta Rondônia

No final da manhã desta quinta-feira (29) taxistas e mototaxistas realizaram um cortejo ao companheiro de profissão que foi morto com mais de 20 facadas em um possível roubo em Porto Velho (RO).

O crime é investigado pela Delegacia de Patrimônio. A vítima foi identificada como Francisco Raimundo de Araújo, de 55 anos. O sepultamento será no cemitério Santo Antônio.

Lacídio Rodrigues é taxista há 27 anos e conta que era amigo de Raimundo. Com a manifestação, ele ressalta o desejo por segurança ao trabalhadores.

 

"A gente quer Justiça pelo nosso amigo e segurança para trabalhar. Fizemos esse cortejo e manifestação. Iremos enterrar nosso amigo, esse é um crime muito bárbaro. Estamos todos revoltados com a falta de segurança", disse.
Miraceli da Silva era passageira fiel do taxista, ela também estava no cortejo e lembrou da amizade entre os dois.

"Ontem eu pedi minha corrida com o Raimundinho, ele disse que em 10 minutos chegaria lá. Preparei alguns sanduíches de atum para ele e para a família dele. Ele era certinho com as coisas dele, eu gostava muito dele. Esse crime não pode ficar sem punição", lembra.

O corpo de Francisco Raimundo de Araújo foi encontrado pela polícia na manhã de quarta-feira (28) em uma estrada rural de Porto Velho. A polícia informou que ele foi golpeado com 23 facadas. O carro da vítima foi abandonado próximo ao local onde o corpo foi achado. Fonte G1


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »