13/05/2024 às 16h55min - Atualizada em 13/05/2024 às 16h55min

Médico voluntário morre após ir para o Rio Grande do Sul ajudar vítimas da chuva

Gazeta Rondônia

Gazeta Rondônia Publicidade 790x90

O médico capixaba Leandro Médice, que atuava em uma clínica no Espírito Santo, morreu após sofrer um infarto quando estava no Rio Grande do Sul auxiliando no resgate e cuidados de vítimas das enchentes que devastaram o estado gaúcho. Ele estava na cidade de São Leopoldo. 

A informação da morte de Leandro foi compartilhada nesta segunda-feira (13), por meio das redes sociais de familiares do médico. 


Leandro atuava no Instituto Médice, especializado em transplante capilar, estética e nutrologia, em Vila Velha, no Espirito Santo. Ele também já trabalhou no Hospital Evangélico.

Em suas redes sociais, ele havia compartilhado um vídeo no domingo (12) dizendo que estava indo para o Rio Grande do Sul participar de uma missão humanitária.

"Hoje estou fazendo uma coisa diferente, pela primeira vez vou em uma missão humanitária para o Rio Grande do Sul, que está precisando da gente. Sair um pouco da nossa rotina. A cirurgia acabou 4 da manhã e vamos partindo. Vou passar a real situação que está acontecendo por lá, assim que conseguir passo tudo que está acontecendo", disse em vídeo.

Na postagem, ele pediu orações e também doações: "Conto com a oração de vocês! Vamos estar continuando com o ponto de coleta de doações para o RS, em nossa clínica. Conto com a colaboração de todos! Juntos somos mais fortes!".

Clique aqui para seguir o canal do Portal Gazeta Rondônia no WhatsApp
 
Ainda no domingo, o médico compartilhou stories mostrando alguns atendimentos realizados na cidade gaúcha de São Leopoldo e disse que a chuva não parava.

Nesta segunda-feira, em uma publicação no Instagram, a afilhada de Leandro, identificada como Amanda Medice, lamentou a morte do padrinho.
“De uma hora para outra, tudo termina em um infarto no meio da tragédia que você foi ajudar no Rio Grande do Sul”, disse Amanda. 

Amigos compartilharam mensagens assustados com a notícia: "Não acredito que você se foi ainda, meu amigo! Você tinha um coração tão gigante! Sempre alegre e carinhoso com todos! Certamente o céu estará em festa para te receber com todo o carinho que você merece!", disse um amigo.

Um outro declarou: "Sem acreditar ainda!! Tantas lembranças felizes, sua marca estará presente!! Descanse em paz meu amigo!! Te amo". 

Médico trabalhou na UTI do Hospital Evangélico

O médico já atuou no Hospital Evangélico de Vila Velha e a entidade emitiu nota de pesar pela morte dele.

"O dr. Leandro Médice fez parte do corpo clínico do Hospital Evangélico de Vila Velha (HEVV) por nove anos, de 2012 a 2021. Ele atuou no hospital como médico intensivista na unidade de terapia intensiva (UTI). A direção do HEVV ressalta que Dr. Leandro Médice sempre foi uma pessoa muito querida pelos colegas de trabalho e um profissional exemplar durante os anos em que atuou no hospital. A direção lamenta, profundamente, a morte súbita do médico", diz a nota.

Fonte: FolhaVitória.

Gazeta Rondônia Publicidade 790x90


Notícias Relacionadas »
Comentários »