26/07/2021 às 17h08min - Atualizada em 26/07/2021 às 17h08min

Hoje é o dia dos avós, 26 de julho, uma data que não podemos esquecer!

Gazeta Rondônia
Victória Bacon
Maria Otília Tesser, In-Memoriam (crédito de imagem: Arquivo de Família)

Hoje é comemorado em vários países o Dia dos Avós. A data foi escolhida no Brasil para todo o dia 26 de julho. O papel dos avós vai muito além se ser os pais dos nossos pais. Em muitas famílias são os avós que sustentam as casas e são os responsáveis pela educação dos netos. Uma data importante que o nosso blog faz questão de homenageá-los. Felicidade a todos os vovôs e vovós!
 
No dia 26 de julho é comemorado o dia dos avós no Brasil, mas você sabe o por quê? A data tem origem religiosa e foi criada para homenagear Santa Ana e São Joaquim, pais de Maria e avós de Jesus Cristo.
 
De acordo com a igreja católica e evangelhos apócrifos, eles seriam pais de Maria e, assim, avós de Jesus Cristo. No entanto, vale destacar que os evangelhos oficiais, que compõem originalmente a Bíblia, não trazem a genealogia de Maria.
 
A data de comemoração do Dia dos Avós é a mesma da celebração da Santa Ana e São Joaquim. Em 1584, o Papa Gregório XIII fixou a data da festa de Sant'Ana em 26 de Julho, e o Papa Leão XIII a estendeu para toda a Igreja, em 1879. Por fim, o Papa Paulo VI associou neste dia a celebração dos pais de Maria Santíssima.
 
O termo avós, é oriundo do acusativo latino avos, plural de avus, avô e avia, avó. A razão para o feminino avó possuir a vogal o é porque o termo é derivado do diminutivo baixo-latino aviola e não do nominativo oficial avia. Hipocorísticos lusófonos possíveis são: vovô e vovó, vovozinho e vovozinha, as abreviações coloquiais vô e vó além dos afetivos nena ou nana e neno. Sendo um país de imigrantes, é comum no Brasil que descendentes de estrangeiros chamem seus avós pelos termos nas línguas estrangeiras destes ancestrais e sendo um país de famílias multiétnicas é usual também a possibilidade de termos diferentes para cada par de progenitores. Descendentes de italianos corriqueiramente chamam seus avós de nonni (no plural), e nonno para avô e nonna para avó, com o diminutivo afetivo nonnino e nonnina. Descendentes de alemães e holandeses usam os hipocorísticos afetivos opa para vovô e oma para vovó, e descendentes japoneses chamam de oji-chan para avô e ba-chan para avó.

Fonte: Victória Bacon


Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale Conosco!
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp