29/08/2021 às 08h10min - Atualizada em 29/08/2021 às 08h10min

Aos 79 anos, motorista de ônibus executivo se forma em direito

Gazeta Rondônia

Benedito Chagas, 79 anos, mais conhecido como sêo Bene é morador do bairro Jardim da Saúde, zona sul da capital paulista. Aposentado, foi motorista de ônibus executivo durante 25 anos. Pai de 4 filhos, avô de 9 netos e bisavô de 4 bisnetos, sêo Bene contou com o apoio e incentivo da família para retomar os estudos e realizar o sonho de se formar em direito.

"Muitos dizem que eu me expresso bem, tenho uma boa escrita e me motivaram a ingressar no curso de direito", conta. Na última terça-feira (24), sêo Bene realizou o sonho de conquistar o diploma do curso de graduação em direito pelo Centro Universitário Estácio.

"Estou muito feliz e orgulhoso pelo título que conquistei, esse foi um sonho de muitos anos que hoje é minha realidade", conta emocionado.

Durante a graduação, sêo Bene passou por sérios problemas de saúde, teve enfisema pulmonar e precisou ficar internado por 25 dias, mas seguiu firme.

Sêo Bene ao lado do professor Douglas Galiazzo e da professora Roberta Candido

Sêo Bene ao lado do professor Douglas Galiazzo e da professora Roberta Candido

 
DIVULGAÇÃO

Exemplo de superação e força de vontade, sêo Bene não desistiu. Durante a pandemia de covid-19 com o distanciamento social as aulas foram online. "Hoje me sinto bem com aulas online, no início tive dificuldade, mas foi um processo de adaptação", contou o bacharel que também teve o apoio dos colegas de classe e ajuda dos professores durante todo o processo de aprendizagem.

"Quando eu era mais jovem a oportunidade de estudos era difícil", conta. "Na época, eu chegava a andar 7,5 km para poder ir à escola e usava caderno de caligrafia", lembra. "Eu morava em Álvaro de Carvalho, interior de São Paulo, e ajudava a minha família com a plantação de amendoim", lembra.

Para a professora Roberta Candido a história de sêo Bene é inspiradora. "É uma lição de vida, nos ensina que não podemos desistir".

"Tudo aquilo que eu quero e sonho posso conquistar, não importando o tempo, basta continuar", declara Sêo Bene. Fonte: R7


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você desenvolveu algum transtorno relacionado à saúde mental durante a pandemia?

40.6%
2.9%
5.8%
11.6%
39.1%
Fale Conosco!
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp