03/01/2022 às 07h52min - Atualizada em 03/01/2022 às 07h52min

Idosa de 97 anos é resgatada de casa em chamas na virada do ano minutos antes da estrutura desabar

Gazeta Rondônia

Margarida Gonçalves Estrela, 97 anos, passou por momentos de angústia durante os últimos minutos de 2021, em Glória de Dourados (MS), a 282 km de Campo Grande. A idosa estava sozinha em casa quando um incêndio de grandes proporções começou, deixando a idosa encurralada. Ela foi resgatada por uma janela minutos antes da casa de madeira desabar. (veja vídeo acima)

A equipe da Polícia Militar de Glória de Dourados, com o suporte de membros de Fátima do Sul, foi acionada para a ocorrência por volta das 23h e quando chegaram ao local depararam-se com a casa completamente em chamas. “Aparentemente morava ela e um senhor naquela casa, na noite do ano novo o senhor foi comemorar a virada com o restante da família e ela ficou sozinha”, relata a chefe da seção de comunicação do 14º Batalhão da Polícia Militar do estado, a aspirante Denise Rosa.

“Ela informou para a guarnição que ouviu alguns estalos na residência e logo viu a fumaça, não sabendo informar onde teria começado”, afirma Rosa.

Como as chamas já estavam alastradas, os policiais precisaram quebrar uma janela de madeira para retirar a idosa que estava encurralada pelo incêndio.

“Ela estava encurralada mesmo, iria falecer ali se demorássemos mais um ou dois minutos”, comenta Rosa.

A aspirante ressalta que a idosa já havia inalado bastante fumaça e apresentava leves escoriações. Por essa razão, Estrela foi encaminhada para um hospital para avaliação e cuidados médicos.

Apenas o banheiro que era de alvenaria resistiu às chamas. — Foto: Reprodução/PoliciaMilitar

Apenas o banheiro que era de alvenaria resistiu às chamas. — Foto: Reprodução/PoliciaMilitar

Os policiais militares e populares tentaram controlar as chamas até a chegada do Corpo de Bombeiros e Defesa Civil, que compareceram logo depois. As equipes envolvidas passaram a virada de ano no local. “Valeu a pena. Ficamos muito felizes que deu tudo certo”, declara a aspirante da PM.

A idosa recebeu alta médica nas primeiras horas de 2022 e foi amparada por familiares. “Ela ficou com a família dela, encontrei o bisneto dela no hospital mais tarde e ele disse que ela já estava bem e com os demais familiares”, conta Rosa. Fonte: G1


Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale Conosco!
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp