19/01/2022 às 15h13min - Atualizada em 19/01/2022 às 15h13min

Pai tenta matar a mulher, erra e esfaqueia filho de 8 meses

Gazeta Rondônia
 

Um bebê de 8 meses foi esfaqueado nessa terça-feira (18) durante uma briga entre os pais, na casa em que eles moram, no Bairro Vila Bela, em Sorriso, no norte do estado. Segundo a Polícia Militar, o pai da criança, de 24 anos, confessou que queria matar a mulher dele, quando acertou o filho.

Mãe e bebê foram encaminhados para o Hospital Regional de Sorriso (MT) — Foto: Divulgação

Mãe e bebê foram encaminhados para o Hospital Regional de Sorriso (MT) — Foto: Divulgação

Segundo testemunhas, o pai e a mãe do bebê estariam discutindo quando o suspeito pegou uma faca e tentou atingir a mulher dele, de 26 anos, que estava com o filho do casal no colo. A faca acertou a perna da criança, onde o objeto ficou cravado.

O menino foi encaminhado para o Hospital Regional de Sorriso, onde precisou passar por uma cirurgia. O quadro de saúde dele é estável, segundo informações. O bebê continua na unidade hospitalar, sendo acompanhado pela equipe médica e pela mãe.

Após o socorro das vítimas, a Polícia Militar conseguiu prender o suspeito que, momentos depois voltou ao local da discussão. Segundo a PM, ao ser preso o suspeito, que estava bastante alterado, confessou o crime.

Ele relatou que durante a briga com a mulher, deu um soco no rosto dela, perto do olho, e pegou a faca em seguida, na intenção de matá-la, mas acertou a criança.

Além disso, o pai ainda apresentava uma ferida de bala de arma em uma das pernas. O disparo, segundo ele, teria sido feito por populares, que o estavam perseguindo após o crime.

Testemunhas teriam corrido atrás do suspeito antes de a polícia chegar e um deles atirou na perna do homem.

As vítimas foram socorridas e levadas ao Hospital Regional de Sorriso — Foto: Divulgação

As vítimas foram socorridas e levadas ao Hospital Regional de Sorriso — Foto: Divulgação

Depois de receber atendimento médico, o suspeito foi conduzido à Delegacia de Sorriso e foi preso.

O Conselho Tutelar foi acionado e está acompanhando o caso, inclusive o estado de saúde do menino no Hospital Regional, para tomar as devidas providências. Fonte: G1


Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale Conosco!
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp