25/02/2022 às 22h44min - Atualizada em 25/02/2022 às 22h44min

Três pessoas são presas com 30 kg de droga em geladeira transportada em carro de frete

Gazeta Rondônia

Três suspeitos foram presos nesta sexta-feira (25), em Cuiabá, após transportarem droga dentro de geladeira. Segundo a Polícia Federal, um carro que realiza serviços de frete foi abordado pelos policiais na Avenida Beira Rio.

A equipe de Cuiabá foi acionada pela delegacia de Cáceres, a 220 km de Cuiabá, com as informações de que as drogas estavam sendo transportadas para a capital. Os policiais estavam fazendo a vigilância para verificar os suspeitos que iriam buscar a droga.

Os suspeitos transportavam mais de 30 kg tabletes de entorpecentes — Foto: Reprodução/Polícia Federal

Os suspeitos transportavam mais de 30 kg tabletes de entorpecentes — Foto: Reprodução/Polícia Federal

De acordo com a PF, na nota da geladeira estava especificado que não seria necessário a transportadora entregar, os suspeitos iriam retirar no local.

Depois disso, um carro com uma mulher, dois homens e o veículo de frete com o um homem que faz o serviço chegaram no local.

De acordo com a polícia, o homem que realiza o serviço de frete não sabia da droga. Ele será ouvido e liberado.

Ao serem abordados, os suspeitos apresentaram documentos falsos, de acordo com a PF. Os três são moradores de Cáceres, a 220 km de Cuiabá.

Ao todo foram apreendidos mais de 30 kg de droga divididos em tabletes, além de um carro que realizava serviços de frete, o veículo em que os suspeitos estavam, bolsas, aparelhos celulares e dinheiro em espécie.

Os suspeitos utilizavam um carro de frete — Foto: Reprodução/Polícia Federal

Os suspeitos utilizavam um carro de frete — Foto: Reprodução/Polícia Federal

De acordo com a Polícia Federal, foram presos uma mulher de 25 anos, um homem de 30 anos que é estudante de direito e possui passagem pela polícia por receptação de motocicleta roubada e furto, e um homem de 26 anos que é motorista por aplicativo.

A PF investiga o caso e se há outros envolvidos. Fonte: G1

 
 

Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale Conosco!
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp